UAI

2

Atlético tenta evitar sequência sem vitória que não acontece desde 2019

Galo está há quatro partidas sem vencer e pode repetir sequência sem resultados positivos depois de quase três anos

06/08/2022 06:00 / atualizado em 06/08/2022 09:07
compartilhe
Cuca tenta levar Atlético de volta ao caminho das vitórias
foto: Pedro Souza/Atlético

Cuca tenta levar Atlético de volta ao caminho das vitórias

O Atlético não vive boa fase na temporada 2022. São quatro jogos consecutivos sem vitória. Se não vencer o Athletico-PR no domingo, às 19h, no Mineirão, pelo Campeonato Brasileiro, o Galo repetirá a sequência de 2019, quando o time também ficou cinco partidas seguidas sem bater os adversários. 

Vitórias consecutivas do Atlético sobre o Athletico-PR



A última vitória do Atlético foi contra o Botafogo, no Estádio Nilton Santos, por 1 a 0, pelo Campeonato Brasileiro. De lá para cá, foram duas derrotas (Corinthians, 2 a 1, em casa, e Internacional, 3 a 0, fora) e dois empates (Cuiabá, 1 a 1, fora, e Palmeiras, 2 a 2, em casa).

Destes jogos, Cuca esteve no comando da equipe contra Internacional e Palmeiras. A expectativa do treinador agora é pela primeira vitória desde o retorno ao clube. O resultado positivo, além de findar a sequência negativa, vai dar confiança ao elenco para o duelo decisivo das quartas de final da Copa Libertadores, contra o Palmeiras, na próxima quarta-feira, às 21h30, no Allianz Parque.

Na visão do lateral-direito Mariano, o Atlético está evoluindo nas últimas partidas. Ele espera que o time consiga um bom resultado contra o Athletico no Mineirão, mas pede paciência das arquibancadas durante os 90 minutos.

"A gente está progredindo, mudanças boas. O que posso pedir ao torcedor é um pouco de paciência. Fomos cobrados porque o time não tinha intensidade e qualidade de jogo. E creio que isso voltamos a ter"

Sequência ruim em 2019


Na última vez que o Atlético ficou cinco jogos sem vencer, a equipe era comandada por Rodrigo Santana. O time alvinegro teve cinco derrotas seguidas entre 1° e 23 de setembro, sendo quatro delas como visitante (Corinthians, Botafogo, Colón-ARG e Avaí) e uma em casa (Internacional).

A sequência de derrotas foi quebrada com a vitória sobre o mesmo Colón, no segundo jogo da semifinal da Copa Sul-Americana. No entanto, o Alvinegro acabou eliminado nos pênaltis no Mineirão.

De lá para cá, o Galo chegou a ficar duas sequências de quatro jogos sem vitória: uma ainda no fim de 2019, com Vagner Mancini, e outra neste ano, com Turco Mohamed.

Compartilhe