UAI

2

Ex-América, Atlético e Cruzeiro, Guilherme é o novo reforço do Brusque

Aos 33 anos, atacante está sem atuar desde outubro de 2020, quando defendia o Coelho

12/01/2022 11:53 / atualizado em 12/01/2022 12:24
compartilhe
Guilherme disputou apenas oito jogos pelo América
foto: Mourão Panda/América

Guilherme disputou apenas oito jogos pelo América


Com passagens por América, Atlético e Cruzeiro, o atacante Guilherme foi anunciado nesta quarta-feira como o novo reforço do Brusque-SC para a temporada de 2022. 



O jogador entrou em campo pela última vez em 31 de outubro de 2020, na derrota do Coelho para o Avaí, pela Série B do Campeonato Brasileiro. 

Guilherme é um dos atletas que defenderam os três clubes da capital mineira. A lista conta com o lateral-direito Patric, o ex-meio-campista Toninho Cerezo e o atacante Fred, entre outros nomes (veja na galeria abaixo).

Jogadores que passaram por América, Atlético e Cruzeiro



Um de seus momentos mais vitoriosos na carreira foi no Atlético. Entre 2011 e 2015, foram 143 partidas, com 26 gols marcados e inúmeras assistências. Ele foi importante nas conquistas da Copa Libertadores (2013) e Copa do Brasil (2014).

Revelado pelo Cruzeiro, Guilherme iniciou sua carreira como centroavante e se tornou meia-atacante pouco depois. No clube celeste, balançou as redes adversárias 32 vezes em 74 partidas.

Os ótimos números o fizeram a ser vendido por cerca de 5 milhões de euros ao Dynamo de Kiev (Rússia), em 2009, em negociação que também envolveu a chegada do atacante Kléber para a Raposa.

Veja todos os reforços dos clubes da Série B para 2022



Na Europa, Guilherme ainda defendeu o CSKA, da Rússia, e o Antalyaspor, da Turquia. No Brasil, além do 'trio mineiro', o atacante teve passagens por Corinthians, Athletico-PR, Bahia e Fluminense.

Aos 33 anos, ele é o nono reforço do Brusque para a temporada. Antes dele, o time de Santa Catarina contratou o goleiro Jordan, o zagueiro Wallace, os meio-campistas Matheus Trindade, Jailson e Diego Jardel, e os atacantes Crislan, Fernandinho e Alex Sandro. 

Compartilhe