UAI

2

Operário decide em 10 minutos e não deixa CRB sonhar com acesso na Série B

Time alagoano leva dois gols em curto espaço de tempo e perde chance de subir

28/11/2021 20:29
compartilhe
 
Operário fez o dever de casa com dois gols em dez minutos e acabou com chance do CRB
foto: André Oito/OFEC

Operário fez o dever de casa com dois gols em dez minutos e acabou com chance do CRB

O sonho do CRB de alcançar o acesso na Série B do Campeonato Brasileiro acabou em apenas dez minutos. Foi o tempo necessário para o Operário marcar dois gols, com Paulo Sérgio e Felipe Garcia, neste domingo à tarde, no estádio Germano Kruger, pela 38.ª rodada, a última da temporada. O time alagoano só diminuiu na parte final, com Marthã, decretando 2 a 1 como placar final.

O CRB precisava vencer e torcer por tropeços de outros concorrentes à quarta vaga, mas perdeu e ficou com 60 pontos, em sétimo lugar. O Operário, que só se livrou da ameaça de queda há duas rodadas, terminou com 48 pontos, em 12.º lugar.

O JOGO


Apoiado por sua torcida, o time paranaense começou marcando pressão na saída de bola do visitante. Abriu o placar aos cinco minutos, após avanço pelo lado esquerdo e cruzamento de Fabiano na pequena área. Paulo Sérgio bateu duas vezes para balançar as redes. Seu nono gol na competição.

O Operário queria "matar" o jogo, tanto que exigiu duas grandes defesas de Diogo Silva aos oito minutos. Primeiro com Rodrigo Pimpão e depois com Rafael Chorão. O segundo gol saiu aos 10 minutos. Após levantamento de Lucas Mendes pelo lado direito, Felipe Garcia saltou de peixinho e desviou a bola no canto direito do goleiro. No meio do caminho houve um desvio no pé do zagueiro Frazan, mas o gol acabou sendo anotado para o atacante

Os gols abalaram os jogadores do CRB. Tanto que só finalizaram duas vezes ao gol do Operário, mas sem maior perigo. O técnico Allan Aal só fez uma troca com a entrada do atacante Junior Brandão no lugar do volante Wesley.

No segundo tempo, o CRB até tentou fazer uma pressão no ataque, mas criou poucas chances. O jogo só esquentou aos 39 minutos, quando o time alagoano diminuiu. Dudu cobrou escanteio fechado e Marthã completou de cabeça. Depois disso, foi pressão total do CRB, que naquela altura, precisaria de uma virada no placar e outros tropeços para sonhar com a elite. Não deu.

OPERÁRIO-PR 2 x 1 CRB


OPERÁRIO-PR
Thiago Braga; Lucas Mendes, Odivan, Reniê e Fabiano ; Guedes (Gustavo Lopes), Leandro Vilella (Rafael Longuine) e Rafael Chorão; Felipe Garcia (Giovani Felippi), Paulo Sérgio (Schumacher) e Rodrigo Pimpão (Alex Silva)
Técnico: Ricardo Catalã

CRB
Diogo Silva; Celsinho (Reginaldo), Frazan, Caetano e Guilherme Romão; Claudinei (Marthã), Wesley (Júnior Brandão), Emerson Negueba e Diego Torres; Renan Bressan (Jajá) e Pablo Dyego (Dudu)
Técnico: Allan Aal

Local: Estádio Germano Kruger, em Ponta Grossa (PR)
Data: domingo, 28 de novembro
GOLS: Paulo Sérgio, aos 5, e Felipe Garcia, aos 10min do 1ºT. Marthã, aos 39min do 2ºT
Cartões amarelos: Leandro Vilella (Operário); Lucas Mendes (CRB)
Árbitro: Sávio Pereira Sampaio (GO)

Compartilhe