Cruzeiro

CRUZEIRO

Cruzeiro perde 'bolada' com eliminação na terceira fase da Copa do Brasil

Revés para o Juazeirense determinou a saída do técnico Felipe Conceição

postado em 09/06/2021 22:16 / atualizado em 09/06/2021 23:10

(Foto: Bruno Haddad/Cruzeiro)
O Cruzeiro deu vexame na terceira fase da Copa do Brasil e foi eliminado nos pênaltis pelo Juazeirense, nesta quarta-feira, no estádio Adauto Moraes, em Juazeiro-BA. O revés por 3 a 2 (1 a 0 no tempo regulamentar) fez com que o clube deixasse de faturar uma “bolada” de R$2,7 milhões, referente à premiação das oitavas de final. Esse dinheiro cairá na conta do time baiano, que ingressou pela primeira vez entre os 16 melhores do torneio.


O fracasso do Cruzeiro na competição da qual é o maior campeão, com seis títulos, motivou o presidente Sérgio Santos Rodrigues a demitir o técnico Felipe Conceição. Em pronunciamento depois da partida, o dirigente considerou inadmissível a queda prematura na Copa do Brasil e lamentou a falta de performance no primeiro semestre de 2021.

“Antes de mais nada tenho que pedir desculpas para a torcida do Cruzeiro. É inadmissível que o Cruzeiro seja eliminado ainda nesta fase da Copa do Brasil, maior campeão da Copa do Brasil. Claro que existem diversas adversidades, de campo, outras coisas, mas não tem nada a ver. O Rômulo foi muito feliz em uma entrevista que ele deu. Começar o Brasileiro, que sempre foi nosso objetivo, com duas derrotas, nunca foi uma coisa que o Cruzeiro pode admitir", disse Sérgio.

“A gente tem que corrigir o rumo enquanto estamos no começo, enquanto ainda temos tempo. Em razão disso, a gente conversou com o Felipe aqui, demos a descontinuidade ao trabalho dele. Foi uma conversa que tivemos no nosso vestiário hoje. Eu agradeço ao Felipe pelo tempo que ele passou aqui, pelas conversas, pelo que tentou fazer, mas, infelizmente, a performance que a gente esperava, não aconteceu. Time da grandeza do Cruzeiro não pode estar assim. Agradeço a ele e a toda comissão”, complementou.

Antes de enfrentar o Juazeirense, o Cruzeiro passou por São Raimundo-RR (empate por 1 a 1) e América de Natal (vitória por 1 a 0). A quantia acumulada foi de R$4,2 milhões - R$1,15 milhão na primeira fase, R$1,35 milhão na segunda e R$1,7 milhão na terceira.

Fora da Copa do Brasil, o Cruzeiro se concentra na Série B, na qual terá pela frente o Goiás, às 21h de sábado, no Mineirão, pela 3ª rodada. Nos dois primeiros jogos, a equipe perdeu para Confiança (3 a 1) e CRB (4 a 3) e estacionou na lanterna. Ao longo da semana, o diretor executivo Rodrigo Pastana se dedicará à busca por um novo treinador, que terá a missão de tirar a Raposa do fundo do poço e brigar pelo retorno à elite.

Tags: eliminação Cruzeiro derrota tropeço serieb bolada copadobrasil interiormg futnacional