Cruzeiro encaminha a contratação do zagueiro Rhodolfo

Diretoria celeste acredita que o defensor vai trazer a experiência necessária para o setor, que tem sofrido muito neste início de Série B

24/06/2021 13:09 / atualizado em 24/06/2021 14:09
compartilhe
Zagueiro jogou no Coritiba na temporada passada
foto: Matheus Sebenello / MowaPress

Zagueiro jogou no Coritiba na temporada passada



O Cruzeiro encaminhou a contratação do zagueiro Rhodolfo, de 34 anos. Ele está sem clube após passagem pelo Coritiba na temporada passada. A última vez que entrou em campo foi no dia 20 de fevereiro de 2021. A diretoria celeste acredita que o defensor vai trazer a experiência necessária para o setor, que tem sofrido muito neste início de Série B.

Ao lado do Confiança, o Cruzeiro é o segundo clube que mais levou gols neste início da segunda divisão, atrás apenas do CRB. Ao todo, a Raposa já tomou dez bolas nas redes.

Em contato com o Superesportes, uma fonte que participa da negociação garantiu faltar "pequenos detalhes" para o acerto. O zagueiro deve chegar a Belo Horizonte nos próximos dias para fazer exames médicos e assinar contrato até o fim do ano.

Hoje, o time celeste conta com poucos zagueiros de origem: Eduardo Brock, Paulo, Ramon e Weverton. O técnico Mozart gosta de atuar com um esquema com três zagueiros e entende que o clube deveria se reforçar nesta posição.

Rhodolfo participou de 30 jogos com o Coritiba na temporada passada e marcou três gols. Ele era titular do time paranaense, mas não renovou contrato porque recebia o teto salarial do Coxa, que acabou rebaixado para a Série B.

A informação sobre a negociação entre Cruzeiro e Rhodolfo foi noticiada primeiro pela Rádio Itatiaia.

Passagens por grandes clubes


Rhodolfo jogou em grandes clubes do futebol brasileiro. Ele começou no Athletico Paranaense, passou por São Paulo, Grêmio e Flamengo. Fora do Brasil, teve uma experiência no Besiktas, da Turquia.

Rhodolfo surgiu muito bem no Furacão em 2006. Após quatro temporadas de futebol em alto nível no time do Paraná, foi vendido ao São Paulo por cerca de R$ 2,3 milhões.

No Tricolor do Morumbi, foi titular na campanha do último grande título do São Paulo, a Copa Sul-Americana de 2012. Ele formava a dupla de zaga com Rafael Tolói.

Em 2013, Rhodolfo caiu de rendimento e foi emprestado ao Grêmio a pedido do técnico Renato Gaúcho. Fez boas temporadas e foi adquirido pelo Tricolor Gaúcho. Em evolução, chamou a atenção do Besiktas, que o comprou por cerca de R$ 10 milhões.

Na Turquia, não conseguiu ser titular absoluto. Em duas temporadas, jogou 37 partidas e marcou dois gols. Foi bicampeão turco (2015–16 e 2016–17).

Em 2017, o defensor foi contratado pelo Flamengo, que pagou R$ 5,3 milhões ao Besiktas. Sofreu com lesões no clube carioca, mas participou do elenco que conquistou a Copa Libertadores da América (2019) e o Campeonato Brasileiro (2019).

No fim de 2019, o Flamengo optou por não renovar com Rhodolfo, que acertou com o Coritiba.
Compartilhe