Cruzeiro

CRUZEIRO

Cruzeiro: Nonoca e Rhodolfo se lesionam e viram dúvidas para jogo de sexta

Dupla poderá desfalcar time celeste no duelo contra o Londrina, pela Série B

postado em 26/07/2021 17:04

(Foto: Montagem com fotos de Bruno Haddad/Cruzeiro)
Não bastassem todos os problemas, o Cruzeiro ganhou mais dois para o jogo diante do Londrina, nesta sexta-feira, às 21h30, no Mineirão. O zagueiro Rhodolfo e o volante Lucas Ventura sofreram lesões e viraram dúvidas para a partida pela 15ª rodada da Série B do Campeonato Brasileiro.

De acordo com o departamento de comunicação do clube, Rhodolfo teve detectado edema na panturrilha direita. Já o volante Lucas Nonoca foi diagnosticado com entorse no tornozelo direito. Ambos foram titulares no empate por 0 a 0 com o Vila Nova, no último sábado, no estádio OBA, em Goiânia-GO.

Na última semana, o Cruzeiro já havia perdido o volante Matheus Barbosa, negociado pelo Avaí com o Atlético-GO, e o atacante Airton, emprestado ao Ceará até o fim desta temporada. A dupla já não faz mais parte dos planos da equipe para a sequência da Série B.

Se por um lado Mozart tem muitas baixas para escalar o time, por outro ele deverá ganhar um reforço importante. Trata-se do atacante Marcelo Moreno, que desfalcou o time nas duas últimas partidas em função de problemas particulares. O volante Adriano, que também ficou fora para acompanhar o nascimento da filha, é outro que poderá voltar na sexta-feira.

Sem vencer há oito jogos - três derrotas e cinco empates -, o Cruzeiro vive situação bastante delicada na tabela de classificação. Com o empate entre Brasil-RS e Avaí, nesse domingo, os mineiros foram empurrados para a vice-lanterna da competição, com 12 pontos em 14 jogos.

Mantido no cargo mesmo com a sequência negativa, Mozart está cada vez mais pressionado. Nesse sábado, o técnico Vanderlei Luxemburgo confirmou que já recebeu ligações do presidente do Cruzeiro, Sérgio Rodrigues, e do principal patrocinador do clube, Pedro Lourenço. O experiente comandante é o favorito para assumir a Raposa.

Para conseguir formalizar a troca, que é desejo de boa parte do Conselho Deliberativo e dos torcedores, o Cruzeiro depende de um pedido de demissão de Mozart. Isso porque a regra imposta pela Confederação Brasileira de Futebol (CBF) não permite que o clube demita dois treinadores durante uma mesma competição. No mês passado, Felipe Conceição já deixou o clube.

Se o clube optar pela saída de Mozart sem um acordo, o Cruzeiro terá de colocar um auxiliar-técnico para comandar a equipe até o fim da Série B. 

Tags: serieb interiormg futnacional