Cruzeiro

CRUZEIRO

Punido, Cruzeiro aguarda CBF para saber quando jogará com público

Clube celeste tem pena de cinco jogos para cumprir pelos incidentes de 2019

postado em 27/07/2021 16:05 / atualizado em 27/07/2021 18:10

(Foto: Alexandre Guzanshe/EM/D.A. Press - 08/12/2019)
A Prefeitura de Belo Horizonte (PBH) anunciou, nesta terça-feira, a liberação de 30% da capacidade total de público nos estádios da capital. O Cruzeiro, no entanto, ainda precisará aguardar mais que os adversários para ter seu torcedor no Mineirão, uma vez que precisa cumprir cinco jogos de punição pelos incidentes na reta final da Série A de 2019.

Em entrevista coletiva, o secretário municipal de Saúde, Jackson Machado, informou que os 30% de torcedores autorizados devem ser apenas dos mandantes dos jogos. Há, ainda, exigência de teste rápido ou PCR negativo para COVID-19, mesmo para vacinados. A comercialização de camarotes está proibida. Veja outros protocolos:

  • Uso obrigatório de máscaras;
  • Um assento lateral e um assento frontal de distância entre torcedores;
  • Sem limitação de idades, mas há recomendação para que grávidas não compareçam;
  • Venda de ingressos apenas pela internet;
  • Todos os portões dos estádios deverão ser abertos.

Há uma dúvida se o Cruzeiro começará a pagar sua pena com a liberação parcial do público ou se terá de aguardar a autorização para capacidade total do estádio.

De acordo com a assessoria de comunicação do Superior Tribunal de Justiça Desportiva (STJD), o órgão é responsável pela aplicação da pena. A forma como se dará o cumprimento, porém, cabe ao departamento de competições da Confederação Brasileira de Futebol (CBF), que não se manifestou, mesmo procurada, até a última atualização desta reportagem. 

À TV Globo, detentora dos direitos de transmissão das competições nacionais, a CBF informou que a capacidade reduzida de público não impede o Cruzeiro de cumprir a punição,

Além da incerteza com relação ao cumprimento da pena, o Cruzeiro também aguarda a CBF por uma decisão da data em que os estádios poderão receber torcedores nas competições nacionais. Até aqui, apenas a Conmebol liberou o público para torneios sul-americanos

De acordo com a coluna do jornalista Rodrigo Mattos, do UOL, a CBF deseja realizar testes com a volta do público nas quartas de final da Copa do Brasil, a partir de 25 de agosto. Segundo o jornalista, os duelos válidos pelo Campeonato Brasileiro, única competição que o Cruzeiro disputa, só poderão receber torcedores quando houver permissão de todos os Estados. 

Entenda a pena


Em junho de 2020, o Pleno do STJD confirmou a pena de três jogos com portões fechados pelos incidentes no duelo contra o Palmeiras, que selou o rebaixamento do Cruzeiro à Série B do Campeonato Brasileiro. Antes, o clube já havia sido punido por episódios semelhantes nos jogos contra Atlético e CSA, ambos também na Primeira Divisão.

Nas três oportunidades, mas especialmente contra o Palmeiras, o Gigante da Pampulha virou uma praça de guerra. Vários torcedores manifestaram reação de fúria e depredaram o estádio arremessando cadeiras e bombas. A Polícia Militar interveio na confusão com tiros de bala de borracha e uso de gás de pimenta. Nos arredores do Mineirão também houve cenário de muita selvageria.

Tags: serieb interiormg futnacional