Cruzeiro

CRUZEIRO

Prefeito de Sete Lagoas comemora jogos do Cruzeiro na Arena do Jacaré

'É uma alegria muito grande', afirmou Duílio de Castro após reunião com dirigentes celestes

postado em 31/08/2021 16:45 / atualizado em 31/08/2021 18:02

(Foto: Marcos Michelin/EM/D.A Press - 18/08/2014)

O prefeito de Sete Lagoas, Duílio de Castro, comemorou a possibilidade de o Cruzeiro transferir jogos da Série B do Campeonato Brasileiro para a Arena do Jacaré. Ele se reuniu na segunda-feira (30) com o diretor de marketing do clube, Rodrigo Moreira, e o supervisor de futebol, Pedro Moreira.

De acordo com Duílio de Castro, Sete Lagoas está preparada para receber partidas da Raposa com público, uma vez que a pandemia de COVID-19 na cidade “está controlada”, com todas as atividades próximas de retornar “à normalidade”. O município de 244 mil habitantes contabilizou 23.143 casos da doença e 605 óbitos.

“Nós estamos aqui recebendo a diretoria do Cruzeiro, com quem estamos conversando sobre a possibilidade da transferência dos jogos para a Arena do Jacaré. É uma alegria muito grande falar isso, pois estamos com a pandemia controlada. Isso é importante para a gente retomar perto da normalidade. Agora, com o comitê COVID-19 nos liberando para a onda verde, o estádio em Sete Lagoas pode receber 30% de ocupação”.

Com mais de 18 mil lugares em sua construção original, a Arena do Jacaré comporta atualmente 13 mil espectadores. Logo, 3.900 torcedores poderiam assistir ao Cruzeiro na Série B. O Superior Tribunal de Justiça Desportiva (STJD) já autorizou o clube a mandar jogos em praças esportivas fora de Belo Horizonte.

“Queríamos deixar claro para a população que só deliberamos assim porque estamos com a pandemia controlada e que é possível fazer com 30% sem risco à comunidade. Estamos avançando na possibilidade de o próximo jogo do Cruzeiro, dependendo da aprovação da CBF, acontecer aqui dentro de Sete Lagoas”, destacou o prefeito.

“É bom para o Cruzeiro, para o Democrata e para a cidade de Sete Lagoas, que recebe público, é um entretenimento, geração de renda e trabalho. Se Deus quiser, vamos avançar. Sete Lagoas volta novamente ao cenário nacional com a Arena do Jacaré”, acrescentou.

(Foto: Reprodução/YouTube)

Pelo lado do Cruzeiro, o diretor de marketing Rodrigo Moreira destacou o acordo “sem interferência política” e deu a entender que o time jogará em Sete Lagoas.

“Todo esse processo aconteceu sem interferência política. Foi um movimento totalmente técnico amparado pelo nosso time de operação de estádios junto ao comitê de enfrentamento ao COVID apoiado pela prefeitura de Sete Lagoas”, disse.

“Foi um movimento técnico, sem envolvimento político, para que o Cruzeiro conseguisse operar os jogos em Sete Lagoas. Fica o agradecimento à Prefeitura e à população de Sete Lagoas, que está acolhendo o Cruzeiro e acolheu no passado nos momentos em que precisamos jogar aqui”, complementou o dirigente.

O Cruzeiro voltará a atuar em casa pela Série B diante da Ponte Preta, às 11h de sábado, 11 de setembro, pela 23ª rodada. Existe a chance de o duelo ser remarcado do Mineirão para a Arena do Jacaré.

O Mineirão não poderá ter público por uma decisão da Prefeitura de Belo Horizonte, que recuou após os fracassos em dois eventos-teste: Atlético x River Plate, pela Copa Libertadores, e Cruzeiro x Confiança, pela Série B.

Nas duas oportunidades, os atores envolvidos nos eventos não conseguiram respeitar os protocolos sanitários contra a COVID-19. A Prefeitura, no entanto, não descarta voltar a liberar a presença de torcedores em breve, mas com novas medidas de segurança.

Tags: Cruzeiro Sete Lagoas serieb interiormg futnacional Arena do Jacaré