Dedé, ex-Cruzeiro, aponta os 3 melhores com quem já jogou; veja nomes

Todos os jogadores citados atuaram anteriormente na Raposa

21/10/2021 16:47 / atualizado em 21/10/2021 17:37
compartilhe
Dedé durante entrevista no Charla Podcast
foto: Reprodução/Charla Podcast/Youtube

Dedé durante entrevista no Charla Podcast


O zagueiro Dedé, ex-Cruzeiro, apontou os três melhores jogadores que atuaram ao seu lado no futebol. Além de citar os nomes, o defensor contou as características de cada atleta e exaltou suas qualidades.

Em entrevista ao canal Charla Podcast, do Youtube, o defensor mencionou apenas jogadores que atuaram no Cruzeiro: "Por colocação eu não sei. Mas em meu time estão Éverton Ribeiro, Dagoberto e Diego Souza", afirmou o zagueiro.

Dagoberto e Éverton Ribeiro


Dedé jogou com o atacante Dagoberto e com o meia Éverton Ribeiro em 2013 e 2014, quando conquistaram o bicampeonato brasileiro pelo Cruzeiro. Com tais triunfos, o extremo ofensivo se tornou o jogador com mais títulos do Brasileirão no século XXI.

"O Dagoberto era sinistro. A gente fazia um rachão, era interessante. Ele fazia seis gols de palhaçada. Vinha o goleiro e ele tum, encobria o goleiro. Fazia gol de cobertura, de letra. Aquele que o Ronaldinho fez no Dunga, ele fazia gol assim. Aí dava dois toques de letra no goleiro. Eu falava: 'que isso, esse cara é fenômeno'", contou o defensor.

Já Éverton Ribeiro foi um dos grandes destaques da equipe celeste naquele período. O meia foi eleito o melhor jogador do Campeonato Brasileiro de 2013. Dedé exaltou a qualidade do armador, mas destacou a força ofensiva do Cruzeiro na época.

"Corredor direito. Não tem lado para ir. (...) na época (em 2013 e 2014), a dupla era sinistra. Era Éverton Ribeiro e Goulart. Do lado esquerdo jogava 'Bigode', que entrosou muito bem, o Dagoberto. Eu acho que o único time que bateria o Flamengo (atual) em relação a elenco/futebol, era o Cruzeiro de 2013. Porque o elenco era sinistro", disse Dedé.

Diego Souza


O zagueiro e o meia-atacante jogaram juntos durante pouco tempo no Cruzeiro. Dedé chegou à Raposa em abril de 2013, e Diego Souza saiu da equipe celeste, rumo ao Metalist, da Ucrânia, em julho daquele ano.

Para o defensor, o momento mais marcante em que atuou ao lado do meia foi em 2011, no Vasco da Gama. Nessa temporada, o cruz-maltino foi campeão da Copa do Brasil.

"Domínio de bola, chute, caraca, o Diego é muito bom, muito bom. A fase que eu peguei lá em 2011, ele carregou o time nas costas. Ele foi o craque do Brasileirão. Ele carregou, assim, lógico que com um elenco muito bom", afirmou o zagueiro.

Um lance marcante de Diego Souza com a camisa do Vasco aconteceu na partida de volta das quartas de final da Copa Libertadores de 2012, contra o Corinthians. O atacante perdeu um gol 'cara a cara' com o goleiro Cássio. Em seguida, a equipe paulista marcou o gol da classificação, que eliminou o cruz-maltino.

Dedé, que estava machucado e não pôde atuar naquela partida, deu sua opinião sobre o lance.

"Ele era um cara que sempre pensava rápido: cavava, driblava, dava de bicudo. No jogo ali, eu acho que ele pensou que o Cássio iria sair mais do gol, para ele vir, chapar rápido e ele (o Cássio) não ter reação de cair. Como o goleiro era alto, eu acho que ele pensou assim, mas o Cássio catou', opinou o zagueiro.


Compartilhe