Na mira do Cruzeiro, Maicon posta foto em BH: 'Não é proposta, é propósito'

Negociação com o zagueiro tem o aval do técnico Vanderlei Luxemburgo

24/11/2021 10:20 / atualizado em 24/11/2021 20:31
compartilhe
Maicon pode ser o primeiro reforço para a temporada 2022
foto: São Paulo / Divulgação

Maicon pode ser o primeiro reforço para a temporada 2022

O zagueiro Maicon é um dos alvos do  Cruzeiro  no mercado. A negociação com o defensor de 33 anos tem o aval do técnico Vanderlei Luxemburgo, que, mesmo sem assinar a renovação de contrato, está indicando reforços para a próxima temporada.

Nas últimas horas, o experiente jogador postou uma foto em Belo Horizonte com a seguinte legenda: "Não é proposta, mas sim propósito. Pois não há lugar melhor que BH", disse Maicon. Na imagem, não há nada se referindo à Raposa.

O interesse do Cruzeiro no zagueiro Maicon foi noticiado na terça-feira pela Itatiaia e confirmado nesta quarta pelo Superesportes .

Em entrevista ao programa ' Os Donos da Bola ', da Band, nessa terça-feira, Luxemburgo garantiu: "Já tem jogador acertado com a gente, mas não podemos falar".

Zagueiro já está em Belo Horizonte, mas acordo ainda não foi assinado
foto: Reprodução

Zagueiro já está em Belo Horizonte, mas acordo ainda não foi assinado


A última partida de Maicon ocorreu no dia 30 de maio. Ele está livre no mercado desde quando deixou o Al Nassr, da Arábia Saudita, em julho deste ano.

Fotos do zagueiro Maicon pelo Al Nasr, da Arábia Saudita



Maicon faz parte do perfil desejado por Vanderlei Luxemburgo, que quer jogadores de peso e sonha com conquistas em 2022. Nas últimas temporadas, a Raposa apostou em atletas emergentes, pouco conhecidos do grande público.

O defensor indicado por Luxa já vestiu a camisa celeste. Em 2007, ele foi revelado pelo Cruzeiro. Sem muito espaço, Maicon acabou emprestado para Cabofriense-RJ e Nacional da Madeira-POR. Em 2009, foi comprado pelo Porto. Oito anos depois, defendeu o São Paulo. Por fim, atuou por Galatasaray-TUR e Al-Nassr-SAU.

Fotos de Maicon no Cruzeiro em 2007, no início de carreira


A contratação do zagueiro, contudo, pode não ser fácil. Livre no mercado, ele poderá escolher as melhores propostas que surgirem. Além disso, para poder reforçar o elenco, a Raposa terá que pagar duas dívidas na Fifa (R$ 13 milhões, mais taxas e correção monetária), já que atualmente está penalizada e não pode registrar novos jogadores. 

Fotos da passagem de Maicon pela Europa



O Mazatlán, antigo Monarcas Morélia, do México, cobra R$ 6 milhões pela venda do atacante Riascos. Já o Defensor, do Uruguai, deve receber R$ 7 milhões pela negociação do meia Arrascaeta com o clube celeste. Ambas as tratativas ocorreram em 2015, quando o clube ainda era gerido pelo ex-presidente Gilvan de Pinho Tavares. A administração seguinte, de Wagner Pires de Sá, também não buscou nenhum acordo para quitar os débitos.

Por causa desses calotes, o Cruzeiro foi penalizado com transfer ban , sendo impedido de registrar novos atletas até a quitação dos débitos.

Outra cobrança deve chegar, embora ainda não haja um prazo para o pagamento. Há uma ação na Fifa do Pyramidis, do Egito, relativa à venda do meia-atacante Rodriguinho ao Cruzeiro. O clube deverá pagar cerca de R$ 16 milhões, além de taxas. A contratação foi feita por Itair Machado, em 2019.

Jogadores que retornam de empréstimo ao Cruzeiro em 2022


Compartilhe