UAI

2

Com bela assistência de Godín, do Atlético, Uruguai bate o Paraguai fora

Capitão dá passe certeiro para Luís Suárez garantir o triunfo em Assunção

28/01/2022 00:08 / atualizado em 28/01/2022 00:37
compartilhe
Capitão do Uruguai, Godín (3), reforço do Atlético, deu belo passe para o gol da vitória
foto: Daniel Duarte/AFP

Capitão do Uruguai, Godín (3), reforço do Atlético, deu belo passe para o gol da vitória


O Uruguai segue forte na briga por vaga na Copa do Mundo do Catar. Na noite desta quinta-feira, a Celeste derrotou o Paraguai, fora de casa, por 1 a 0. O gol foi do atacante Luis Suárez em bela assistência do zagueiro e capitão Godín, reforço do Atlético para a temporada. O 'xerife' do Galo foi substituído por Cáceres, na etapa final.

O Uruguai tem 19 pontos e segue no bolo de seleções que brigam pela quarta e quinta vaga do classificatório. Já o Paraguai tem situação bem complicada. A equipe é vice-lanterna da tabela, com 14 pontos.

Pela próxima rodada das Eliminatórias, o Uruguai terá pela frente a Venezuela, lanterna da classificação. A bola rola às 20h (de Brasília) desta terça-feira, no Uruguai. Já o Paraguai tem pela frente o Brasil, nessa mesma data, às 21h30, no Mineirão.



O JOGO 


No primeiro tempo do jogo, as melhores chances vieram do lado uruguaio. Mas nenhuma das equipes mostrou domínio claro. Suárez cabeceou no travessão em uma das principais oportunidades. Em outra, também de cabeça, Godín desviou, mas parou na trave. No rebote, Vecino tentou, mas o goleiro Antony Silva fez milagre.

Para a segunda etapa, a Celeste voltou mais elétrica e não demorou para abrir o placar. O capitão Diego Godín, zagueiro recém-contratado pelo Atlético, lançou Luis Suárez pelo lado esquerdo da área. Mesmo sem muito ângulo, e com sua perna ruim, o camisa 9 bateu cruzado e venceu o goleiro.

O Uruguai continuou tendo chances de marcar. Após trama entre Suárez e Cavani, o gol ficou completamente aberto para Olivera chegar soltando a bomba. Mas o chute foi péssimo, muito por cima do gol.

A chance perdida daria mais tranquilidade, mas não fez falta. No restante do jogo, os uruguaios souberam administrar o resultado, ainda mais quando Gustavo Gómez, zagueiro do Palmeiras, foi expulso. O placar não mudou mais. 1 a 0 Uruguai.

Autor do gol da vitória uruguaia, Luis Suárez comemorou à la Hullk
foto: Daniel Duarte/AFP

Autor do gol da vitória uruguaia, Luis Suárez comemorou à la Hullk



PARAGUAI 0 X 1 URUGUAI


PARAGUAI
Antony Silva; Escobar (Robert Rojas), Gustavo Gómez, Junior Alonso e Arzamendia; Richard Sánchez, Ojeda (Benítez) e Matías Rojas (Villasanti); Almirón, Sanabria (Enciso) e Carlos González
Técnico: Guillermo Schelotto

URUGUAI
Rochet; Ronald Araújo, Godín (Cáceres), Giménez e Mathías Oliveira; Vecino, Betancur (Damián Suárez) e Valverde; Pellistri (Canobbio), Darwin Núñez (Cavani) e Luis Suárez
Técnico: Diego Alonso

Local: Estádio La Olla, Assunção, Paraguai
Data: 27 de janeiro de 2022, quinta-feira
Árbitro: Dario Herrera (ARG)
Assistentes: Gabriel Chade (ARG) e Facundo Rodriguez (ARG)
VAR: German Delfino (ARG)
Cartões amarelos: Gustavo Gómez (2x) e Junior Alonso (Paraguai); Ronald Araújo, Vecino, Betancur e Pellistri (Uruguai)
Cartões vermelhos: Gustavo Gómez
GOL: Luis Suárez, aos 4min do 2ºT

Compartilhe