UAI

2

República Tcheca se nega a jogar contra Rússia na repescagem para a Copa

República Tcheca se recusará a enfrentar a Rússia se as duas seleções tiverem de disputar, no fim de março, uma vaga na repescagem para o Mundial

27/02/2022 14:53 / atualizado em 27/02/2022 15:01
compartilhe
Seleção Tcheca não jogará, em nenhum caso, uma eventual partida contra a Rússia
foto: AFP

Seleção Tcheca não jogará, em nenhum caso, uma eventual partida contra a Rússia

A República Tcheca se recusará a enfrentar a Rússia se as duas seleções tiverem de disputar, no fim de março, uma vaga na repescagem para o Mundial do Catar 2022. A decisão foi anunciada pela federação tcheca neste domingo, seguindo os passos de Polônia e Suécia.

"A seleção nacional tcheca não jogará, em nenhum caso, uma eventual partida contra a Rússia na repescagem para o Mundial", informou o comunicado.

A Polônia, que deveria enfrentar os russos em Moscou em 24 de março, e a Suécia, que poderia ter de enfrentar o mesmo adversário em 29 de março se passasse para a final, anunciaram uma decisão similar no sábado.

Questionada pela AFP no sábado, a Fifa não reagiu aos anúncios de poloneses e suecos. Até agora, a entidade não tomou medidas contra a Rússia e se limitou a manifestar "preocupação".

A pressão aumenta sobre a instância mundial do futebol em meio às reações e medidas anunciadas por outras federações esportivas, clubes e organizadores de eventos, após o ataque russo à Ucrânia.

No sábado, o governo sueco propôs "um boicote às relações esportivas" com a Rússia, "enquanto durar a invasão da Ucrânia".

Entre as medidas mais importantes anunciadas nos últimos dias, está a tomada pela Uefa em relação à sede da final da Liga dos Campeões deste ano. A partida seria disputada em São Petersburgo e, agora, será realizada em 28 de maio, no Stade de France, em Paris.

Compartilhe