UAI

2

Fifa abre investigação que pode tirar Equador da Copa do Mundo do Catar

Chilenos contestam que Byron Castillo, nascido na Colômbia, atuou irregularmente pela Seleção do Equador em oitos partidas da Eliminatórias para o Mundial

11/05/2022 12:41
compartilhe
Byron Castillo, de 23 anos, nasceu na Colômbia e, segundo os equatorianos, está com a documentação regularizada
foto: Marcelo HERNANDEZ / POOL / AFP - 16/11/21

Byron Castillo, de 23 anos, nasceu na Colômbia e, segundo os equatorianos, está com a documentação regularizada

A Fifa informou nesta quarta-feira (11) ter aberto investigação sobre denúncia apresentada pela Associação de Futebol do Chile contra a Federação Equatoriana de Futebol. O chilenos contestam que Byron Castillo, nascido na Colômbia, atuou irregularmente pela Seleção do Equador em oitos partidas da Eliminatórias para a Copa do Mundo do Catar.

Caso os equatorianos sejam considerados culpados, a equipe perderia os pontos dos jogos em que Byron Castillo atuou, que alteraria a tabela de classificação. O Equador, que terminou em quarto lugar, perderia a vaga e Chile se classificaria.

Após os chilenos apresentarem a denúncia, os equatorianos responderam que Byron Castillo é "um cidadão equatoriano para todos os efeitos legais, tanto na esfera civil quanto desportiva".

A organização também reiterou que o atleta de 23 anos está "devidamente inscrito na autoridade nacional competente, contando com toda a documentação nacional em regra''.

A investigação será feita pelo Comitê disciplinar da Fifa. A decisão final poderá ser contestada no Comitê de Apelações da entidade e, caso seja necessário, será levada ao Tribunal Arbitral do Esporte.

Confira o comunicado da Fifa sobre a abertura da investigação:

"Conforme recentemente confirmado pela FIFA, a Federação Chilena de Futebol apresentou uma denúncia ao Comitê Disciplinar da FIFA, na qual apresenta várias alegações sobre a possível falsificação dos documentos que conferem a nacionalidade equatoriana ao jogador Byron David Castillo Segura, bem como a possível descumprimento do referido jogador com os critérios de convocação para participar com a seleção nacional da Federação Equatoriana de Futebol (FEF) em oito partidas classificatórias, correspondentes à fase preliminar da Copa do Mundo da FIFA Qatar 2022.

Diante do exposto, a FIFA decidiu abrir um processo disciplinar em relação ao possível descumprimento por Byron David Castillo Segura dos critérios de convocação das partidas indicadas. Nesse contexto, a FEF e a Federação Peruana de Futebol foram convidadas a apresentar suas posições perante o Comitê Disciplinar da FIFA. Mais detalhes serão publicados em breve".

Compartilhe