COPA LIBERTADORES

Fla x Palmeiras: último duelo de brasileiros no Uruguai foi Galo x Cruzeiro

Atlético e Cruzeiro se enfrentaram pela primeira e única vez fora do Brasil, em 2009

postado em 30/09/2021 10:21 / atualizado em 30/09/2021 11:11

(Foto: AFP)

Flamengo  e  Palmeiras  se preparam para a grande final da  Copa Libertadores da América , no dia 27 de novembro, no Centenário, no Uruguai. O último duelo entre clubes brasileiros no mítico gramado do estádio de Montevidéu foi um clássico entre  Atlético  e  Cruzeiro , pelo Torneio de Verão, em 2009. Foi o primeiro e único jogo entre os maiores clubes de Belo Horizonte que ocorreu fora do Brasil.
Naquele ano, um patrocinador convidou a dupla mineira para participar do torneio, que também contou com Peñarol e Nacional, os dois maiores do Uruguai. O clássico mineiro ocorreu no dia 17 de janeiro de 2009, com vitória celeste por 4 a 2. O jogo marcou a estria do ídolo Diego Tardelli com a camisa do Galo.

Com uma base consolidada por Adilson Batista , técnico que fez seu primeiro e talvez único ótimo trabalho no Brasil, o Cruzeiro foi superior e dominou as ações. O Atlético ainda era um time em formação e viveria várias mudanças no ano, inclusive no comando técnico. Leão , que dirigia o time, seria substituído por Celso Roth .



Naquele jogo, o Cruzeiro fez 1 a 0 com Jonathan, aos 17 minutos. Diego Tardelli empatou aos 37'. Dois minutos depois, Fernandinho deixou o Cruzeiro à frente do marcador. Ramires ampliou aos 46 minutos do primeiro tempo. Na etapa final, Tardelli descontou aos 37'. Soares fechou o placar favorável à Raposa, aos 43 minutos.

ATLÉTICO 2 X 4 CRUZEIRO


CRUZEIRO : Fábio; Jonathan (Jancarlos), Leo Fortunato, Thiago Heleno (Leonardo Silva) e Fernandinho; Henrique, Ramires, Marquinhos Paraná e Wagner (Camilo); Thiago Ribeiro (Soares) e Wellington Paulista (Alessandro)
Técnico: Adilson Batista

ATLÉTICO : Juninho; Marcos (Tchô), Leandro Almeida e Welton Felipe; Carlos Alberto, Renan (Sheslon), Rafael Miranda (Márcio Araújo), Júnior (Lopes) e Thiago Feltri (Raphael Aguiar); Éder Luís e Diego Tardelli
Técnico: Émerson Leão

Local: Estádio Centenário, em Montevidéu (Uruguai)
Data: 17 de janeiro de 2009
Árbitro: Jorge Larrionda (URU)
Assistentes: Walter Rial e Marcelo Gadea (URU)
Cartões amarelos: Sheslon, Carlos Alberto (Atlético); Fernandinho (Cruzeiro)

Tags: brasil brasília clássico montevidéu estádios belo horizonte minas gerais atleticomg cruzeiroec interiormg flamengorj palmeirassp seriea cruzeiro100anos libertadores2021