UAI

2

Confiança e Náutico empatam e situação de ambos se complica na Série B

Times não saíram do zero em Aracaju e ficam longe dos objetivos

09/11/2021 23:28
compartilhe
Empate sem gols no Baenão, em Aracaju, foi muito ruim para Confiança e Náutico na Série B
foto: Lucas Almeida/ADD

Empate sem gols no Baenão, em Aracaju, foi muito ruim para Confiança e Náutico na Série B

Num confronto em que apenas o segundo tempo foi interessante, Confiança e Náutico não saíram de um empate sem gols na noite desta terça-feira, no Estádio Batistão, em Aracaju (SE), pela 35ª rodada da Série B do Campeonato Brasileiro. A dupla vive situação distinta na tabela. Com o resultado, o Confiança segue em situação delicada contra o rebaixamento. É o 18º colocado, com 35 pontos.

Já o Náutico ficou ainda mais distante da briga pelo acesso. Os pernambucanos ficaram em oitavo lugar, com 49 pontos, seis atrás do CSA (4º, com 55 pontos) e que já jogou na rodada. Mas a distância pode aumentar, porque Goiás (5º), CRB (6º) e Guarani (7º) ainda jogam e, se vencerem, deixarão o CSA para trás na classificação.

O Confiança volta a campo na sexta-feira para enfrentar o CSA, às 21h30, no Estádio Rei Pelé, em Maceió (AL). Enquanto o Náutico receberá o Sampaio Corrêa na segunda-feira, às 18h, nos Aflitos, em Recife (PE).

O JOGO


O primeiro tempo teve os dois times apáticos e sem criatividade para passar pelas defesas adversárias. O Náutico teve mais posse de bola, enquanto o Confiança esperou os contra-ataques para tentar algo a mais em campo. Tanto é que a melhor chance do Náutico aconteceu apenas aos 20 minutos, quando Thassio cruzou na área e Álvaro, de carrinho, não conseguiu completar para o gol.

Já o Confiança teve sua melhor chance aos 34, num cruzamento da esquerda em que Hernane Brocador finalizou, mas a bola desviou na defesa.

No segundo tempo, a partida ficou mais movimentada e os dois times tiveram mais chances de abrir o placar. Logo aos três, Thassio cruzou da direita e Vinícius, sozinho, chutou para fora. Três minutos depois foi a vez do Confiança assustar em cabeceio de Hernanes e boa defesa de Anderson.

Em casa e motivado por seu torcedor, o Confiança foi mais efetivo com a bola nos pés e aos 23 minutos viu Neto Berola invadir a área e ser derrubado pelo volante Djavan. O árbitro não revisou o lance no VAR e não marcou o pênalti, para revolta dos jogadores e comissão técnica do time sergipano.

A pressão do Confiança seguiu até o final do jogo, mas o Náutico conseguiu se defender e garantiu pelo menos o empate fora de casa.

CONFIANÇA 0 x 0 NÁUTICO


CONFIANÇA
Rafael Santos; Jonathan Bocão (Gedeílson), Nirley, Adalberto (Luan) e João Paulo (Lucas Sampaio); Madison, Rafael Vila (Adriano), Álvaro, Willians Santana (Neto Berola) e Ítalo; Hernane Brocador
Técnico: Luizinho Lopes

NÁUTICO
Anderson; Thassio, Rafael Ribeiro, Camutanga e Guilherme Nunes (Luan); Djavan (Juninho Carpina), Rhaldney e Matheus Jesus (Luiz Henrique); Jaílson (Giovanny), Vinícius e Álvaro (Paiva)
Técnico: Hélio dos Anjos

Local: Estádio Batistão, em Aracaju (SE)
Data: terça-feira, 9 de novembro
Árbitro: Thiago Luis Scarascati (SP)
Cartões amarelos: Madison, Rafael Vila e Adriano (Confiança); Djavan (Náutico) 

Compartilhe