UAI


Palmeiras avança em negócio por Matheus Fernandes, dispensado do Barcelona

Diretoria adota um discurso cauteloso, mas clube paulista está perto de chegar a um acordo para repatriar o meio-campista, que atuou na equipe em 2019

02/07/2021 18:44
compartilhe
Palmeiras avança em negócio por Matheus Fernandes, dispensado do Barcelona
foto: Divulgação/Barcelona

Palmeiras avança em negócio por Matheus Fernandes, dispensado do Barcelona

O Palmeiras avançou na negociação de Matheus Fernandes, que foi dispensado pelo Barcelona. A diretoria adota um discurso cauteloso, mas o fato é que o clube paulista está perto de chegar a um acordo para repatriar o meio-campista, que atuou na equipe em 2019.

O Palmeiras negociava um empréstimo do atleta junto ao Barcelona e estava muito perto de conseguir um acordo. No entanto, o clube catalão decidiu rescindir seu vínculo. Isso atrapalhou o Palmeiras nas tratativas, mas não inviabiliza a contratação.

O clube alviverde, inclusive, está confiante de que haja um desfecho positivo, já que as conversas evoluíram. O jogador de 23 anos recebeu propostas de equipes do Brasil e da Europa, mas indiciou sua preferência pelo retorno ao Palmeiras.

Ele está na Espanha e ainda irá assinar sua rescisão com o Barcelona, que informou na última terça-feira que o vínculo do atleta seria rompido. Tudo caminha para que seja anunciado pelo Palmeiras nos próximos dias, o que deve acontecer assim que o atleta resolver suas pendências com a equipe da Catalunha.

O Palmeiras vendeu Matheus Fernandes ao Barcelona no começo de 2020 por 7 milhões de euros (R$ 32 milhões na cotação da época). O contrato com o time catalão se encerrava em junho de 2025, mas o meio-campista quase não atuou por lá. Foram apenas 17 minutos jogados em novembro do ano passado.

O brasileiro também atuou por empréstimo no Valladolid durante seis meses e depois não teve a sequência que esperava no Barcelona. No último mês de maio, em entrevista ao jornal espanhol Mundo Deportivo, o meio-campista desabafou sobre as escolhas de Ronald Koeman. "O treinador me disse que eu não teria muitas oportunidades e não entendo o porquê de eu ter jogado apenas 17 minutos. Alguns jogos eu poderia ter entrado, assim como ele fez com outros atletas. Não sei o que se passa na cabeça dele. Acho que Koeman tinha algo pessoal comigo", declarou.

No Palmeiras, o jogador também teve poucos minutos em campo. Veio do Botafogo jovem, com alta expectativa, mas Luiz Felipe Scolari e Mano Menezes, que treinaram a equipe em 2019, não lhe deram muitas chances. Foram apenas 12 jogos e um gol naquela temporada. No entanto, a história deve ser diferente dessa vez.

Compartilhe