UAI

2

Palmeiras marca no fim, empata com Goiás e soma 1º ponto no Brasileiro

Rony balançou a rede aos 50 do segundo tempo e evitou derrota do alviverde paulista fora de casa. Time se queixou de falta em Weverton no lance do gol do Goiás

16/04/2022 19:10 / atualizado em 16/04/2022 20:00
compartilhe
Rony marcou belo gol para o Palmeiras contra o Goiás
foto: Cesar Greco/Palmeiras/Divulgação

Rony marcou belo gol para o Palmeiras contra o Goiás


O Palmeiras visitou o Goiás neste sábado e empatou por 1 a 1, na Serrinha, em partida válida pela segunda rodada do Campeonato Brasileiro. O gol marcado por Carlos Vinícius gerou muita reclamação por parte do Verdão, que pediu uma falta em cima de Weverton. Na última chegada do jogo, Rony marcou um belo tento.


O primeiro tempo foi amplamente dominado pelo Palmeiras, que viu o Goiás chegar apenas uma vez - Weverton fez grande defesa. O time criou ao menos três boas chances para abrir o placar, mas esbarrou na falta de pontaria e na boa atuação de Tadeu.

Na etapa final, o Goiás voltou melhor e abriu o placar em um lance polêmico. Carlos Vinícius dividiu com Weverton após chute de Pedro Raul, mas o VAR não recomendou a checagem. A partir de então, o Palmeiras encontrou muita dificuldade para furar o bloqueio defensivo dos mandantes. Nos acréscimos, Rony pegou sobra de escanteio e acertou belo chute para deixar tudo igual.

Com o resultado, o Palmeiras chegou ao primeiro ponto na competição, na 14ª posição. Na próxima quarta-feira, a equipe comandada por Abel visita o Flamengo, às 19h30 (horário de Brasília), no Maracanã. O Goiás também fez seu primeiro ponto, na 15ª colocação. O time volta a campo na quarta que vem, contra o Red Bull Bragantino, pela Copa do Brasil, às 19h.



Primeiro tempo

Na primeira grande chance da partida, Dudu foi acionado pela direita e cruzou rasteiro para Veiga, que bateu de primeira e viu Tadeu fazer bela defesa. Em seguida, Dudu pegou sobra de escanteio e finalizou rasteiro, acertando a trave direita. O goleiro do Goiás ainda tocou na bola.

Depois, Dudu encontrou Zé Rafael na entrada da área, e o volante fintou antes de finalizar cruzado, para fora. O Goiás respondeu com Apodi, que aproveitou bobeira de Gómez e chutou frente a frente com Weverton. O goleiro do Verdão fez uma grande defesa.

Veiga bateu escanteio pela esquerda, e Murilo subiu e testou no canto, exigindo nova defesa de Tadeu. Essa foi a última chance de maior perigo na etapa inicial.

Segundo tempo

Para os 45 minutos finais, o Goiás voltou mais ofensivo. Em cobrança de falta direta da intrmediária, Fellipe Bastos fez Weverton trabalhar e mandar para escanteio. Aos 11 minutos, Pedro Raul recebeu de costas e finalizou após girar. Carlos Vinícius dividiu com Weverton, e a bola entrou. Os jogadores do Verdão reclamaram bastante de falta em cima do goleiro, mas o VAR não recomendou a checagem.

Em bela jogada de Veiga, Rony foi lançado dentro da área e finalizou mal, tirando demais do goleiro e perdendo grande oportunidade. O Palmeiras seguiu ocupando o campo de ataque, mas esbarrou na linha defensiva formada por cinco jogadores do Esmeraldino.



O Goiás voltoiu a assustar, desta vez com Maguinho cruzando para Renato Junior, que parou em boa defesa de Weverton. Em finalização de longe, Veiga viu a bola passar próxima à trave esquerda. Aos 50 minutos, Tadeu socou a bola após cruzamento, e Rony acertou bonito chute de primeira para marcar o gol do empate.

GOIÁS 1 X 1 PALMEIRAS

GOIÁS
Tadeu; Apodi (Maguinho), Sidnei, Reynaldo e Hugo (Danilo Barcelos); Auremir (Da Silva), Caio Vinícius e Fellipe Bastos; Dadá Belmonte, Dieguinho e Pedro Raúl (Renato Junior)
Técnico: Jair Ventura

PALMEIRAS
Weverton; Marcos Rocha (Atuesta), Gómez, Murilo e Piquerez (Rony); Danilo, Zé Rafael (Jailson) e Raphael Veiga; Dudu (Wesley), Gabriel Veron (Gustavo Scarpa) e Rafael Navarro
Técnico: Abel Ferreira

Gols: Caio Vinícius, 11 minutos do 2º tempo (Goiás); Rony, 50 minutos do 2º tempo (Palmeiras)

Cartões amarelos: Pedro Raul, Hugo, Fellipe Bastos, Danilo Barcelos (Goiás); Vitor Castanheira (Palmeiras)

Local: Estádio Hailé Pinheiro, em Goiânia (GO)

Data: 16 de abril de 2022 (sábado)

Árbitro: Bráulio da Silva Machado (Fifa-SC)

Assistentes: Alex dos Santos (SC) e Thiaggo Americano Labes (SC)

VAR: Daniel Nobre Bins (RS)

Público: 11.442 

Renda: R$ 353.385,00

Compartilhe