UAI

2

Palmeiras perde pênalti, mas vence Santos na Vila Belmiro pelo Brasileiro

Raphael Veiga acerta trave na cobrança, mas Gustavo Gómez garante os três pontos fora de casa do Verdão diante do Peixe

29/05/2022 18:07 / atualizado em 29/05/2022 18:36
compartilhe
Raphael Veiga desperdiçou pênalti, mas Palmeiras venceu o Santos na Vila
foto: Cesar Greco/Palmeiras

Raphael Veiga desperdiçou pênalti, mas Palmeiras venceu o Santos na Vila


Neste domingo, o Palmeiras derrotou o Santos por 1 a 0, na Vila Belmiro, em partida válida pela oitava rodada do Campeonato Brasileiro. Raphael Veiga desperdiçou seu primeiro pênalti com a camisa do Verdão, em sua 25ª cobrança, mas os visitantes triunfaram com gol de Gustavo Gómez. 



A primeira etapa foi bastante movimentada, com os dois times tendo chances de abrir o placar. No ápice dos 45 minutos iniciais, Marcos Leonardo chegou a mandar a bola para dentro, mas o gol foi anulado após o árbitro ver na cabine do VAR uma falta de Léo Baptistão em Zé Rafael no início da jogada.

O Santos voltou com mais volume ofensivo na segunda etapa, mas encontrou dificuldade para concluir as jogadas. Aos 22 minutos, o árbitro assinalou pênalti de Fernández em Marcos Rocha após consultar o VAR, mas Veiga desperdiçou. No entanto, o Palmeiras não se abateu e foi buscar a vitória com um gol de cabeça marcado por Gómez, após cruzamento de Scarpa.

Com o resultado, o Santos estacionou nos 11 pontos, na sétima colocação. O time volta a campo no sábado que vem, contra o Athletico, às 19h (de Brasília), na Arena da Baixada. Enquanto isso, o Palmeiras foi aos 15 pontos e segue na briga pela liderança. O próximo compromisso da equipe é contra o Atlético, no Allianz Parque, às 16h do domingo (5).

O JOGO


O primeiro chute a gol foi de Rony, de muito longe, para tranquila defesa de João Paulo. Na sequência, Veiga quase faz um golaço. Depois de carregar a bola e deixar marcadores para trás, ele arriscou finalização de fora da área e mandou à direita do gol.

O Santos respondeu em chegada pela esquerda, com Lucas Pires. Após bate e rebate e reclamação por bola na mão, a posse ficou com Sandry, que mandou muito acima do travessão. Em seguida, Baptistão teve boa chance em jogada individual. Murilo chochilou, o atacante avançou e parou apenas em Lomba.

O Palmeiras voltou a finalizar, desta vez com Scarpa. Ele recebeu dentro da área de Dudu pela esquerda e soltou o pé, à direita da meta. Zé Rafael aproveitou erro de Fernández, carregou a bola e finalizou nas mãos de João Paulo. Logo em seguida, Marcos Leonardo recebeu de costas, girou em cima da marcação e chutou à direita do gol, por cima.

Lucas Pires chegou à linha de fundo pela esquerda e cruzou para Madson, que parou em defesa de Lomba. Na sequência do lance, aos 39 minutos, Marcos Leonardo aproveitou o toque para trás de Menino e mandou para a rede com o pé esquerdo. O árbitro, no entanto, anulou o gol após consultar o VAR, identificando falta de Léo Baptistão em Zé Rafael no início da jogada.

O Palmeiras chegou em cabeceio de Rony, mandando por cima do travessão após cruzamento de Menino pela direita. Em seguida, Julio errou na intermediária, Marcos Rocha recuperou e lançou Rony, que avançou a chutou por cima do gol. Depois de escanteio pela direita, a bola sobrou para Dudu, que soltou o pé e finalizou muito alto.

Em finalização de fora da área, Julio mandou por cima do travessão. O Santos passou a controlar a partida, mas não conseguiu concluir as jogadas em gol. Aos 22 minutos, Rodrigo Fernández deu tranco por trás em Marcos Rocha, e o árbitro marcou pênalti após consultar o VAR. Na cobrança, Veiga mandou a bola no travessão, desperdiçando seu primeiro pênalti pelo Palmeiras, em sua 25ª batida.

Aos 35 minutos, Scarpa bateu escanteio pela esquerda, Gómez subiu no alto para cabecear, viu a bola desviar em Lucas Pires e morrer na rede, abrindo o placar para o Palmeiras. O Santos respondeu com Ricardo Goulart, que recebeu a área pela direita, invadiu a área e finalizou para defesa de Lomba.

SANTOS 0 x 1 PALMEIRAS


SANTOS
João Paulo; Madson, Maicon, Bauermann e Lucas Pires; Rodrigo Fernández, Zanocelo (Bruno Oliveira) e Sandry (Lucas Braga); Jojhan Julio (Ricardo Goulart), Léo Baptistão (Angulo) e Marcos Leonardo (Rwan Seco)
Técnico: Fabián Bustos

PALMEIRAS
Marcelo Lomba; Marcos Rocha, Gustavo Gómez, Murilo (Naves) e Jorge; Gabriel Menino (Fabinho), Zé Rafael, Raphael Veiga (Atuesta) e Gustavo Scarpa; Dudu (Rafael Navarro) e Rony (Breno Lopes) 
Técnico: João Martins

Local: Vila Belmiro, em Santos (SP)

Data: 29 de maio de 2022, domingo

Público: 14.220

Renda: R$ 416.655,00

Árbitro: Luiz Flávio de Oliveira (SP)

Assistentes: Marcelo Carvalho Van Gasse e Daniel Luis Marques (ambos de SP)

VAR: Wagner Reway (PR)

Cartões amarelos: Rodrigo Fernández, Maicon, Bruno Oliveira, João Paulo, Léo Baptistão, Zanocelo (Santos); Gabriel Menino (Palmeiras)

GOL: Gustavo Gómez, aos 34min do 2ºT

Compartilhe