UAI

2

Palmeiras empata com Fortaleza, mas segue líder do Campeonato Brasileiro

Em jogo encerrado por apagão, time paulista fica no empate sem gols com lanterna da Série A, no estádio Castelão

10/07/2022 20:50 / atualizado em 10/07/2022 21:07
compartilhe
Palmeiras empata sem gols com Fortaleza, no Castelão
foto: Cesar Greco/Palmeiras

Palmeiras empata sem gols com Fortaleza, no Castelão

Na noite deste domingo, o Palmeiras empatou sem gols com o lanterna Fortaleza na Arena Castelão. Apesar das boas oportunidades para os dois lados, os goleiros brilharam e garantiram o 0 a 0. Válido pela 16ª rodada do Campeonato Brasileiro, o jogo foi dado como encerrado antecipadamente, depois que o estouro de um disjuntor na parte externa afetou a energia do estádio.



Os clubes e a equipe de arbitragem foram informados de que não haveria tempo hábil para o conserto do problema. Assim, depois de 30 minutos da queda de energia, a partida foi encerrada pelo árbitro Wilton Pereira Sampaio.

Mesmo com o empate com o Fortaleza, o Verdão se mantém na liderança da competição, agora com 30 pontos. Contudo, a distância para o segundo colocado, que agora é o Corinthians, diminuiu para apenas um ponto. Já o Fortaleza segue em situação delicada, na lanterna, com apenas 11 pontos.

As duas equipes voltam a campo no meio de semana, pelo jogo de volta das oitavas de final da Copa do Brasil. Na quarta-feira, às 20h (de Brasília), o Fortaleza encara o Ceará , no Castelão. Na partida de ida, o Leão venceu por 2 a 0. Já o Palmeiras encara o São Paulo na quinta-feira, às 20h (de Brasília), no Allianz Parque. No primeiro jogo, a equipe perdeu por 1 a 0.

O duelo começou agitado na capital cearense, e o Fortaleza chegou a balançar a rede logo aos dois minutos, com José Welison. Contudo, após checagem no VAR, o árbitro Wilton Pereira Sampaio anulou o lance e deu toque de mão de Matheus Vargas na origem da jogada.

O Palmeiras tinha dificuldade de vencer a marcação e demorou para aparecer com perigo na área adversária. Já o Fortaleza tentava chegar com tabelas rápidas. Em uma delas, Pikachu apareceu nas costas da zaga e quase marcou, mas estava impedido.

A primeira boa chance palmeirense surgiu apenas aos 21 minutos, quando Wesley recebeu pelo lado esquerdo e cruzou para o meio da área. Rony tentou a finalização, mas a bola desviou na marcação e saiu pela linha de fundo.

O time da casa seguia marcando bem a área e apostando nos contra-ataques em velocidade. Foi assim que Romarinho quase abriu o placar aos 37, quando ganhou de Luan e invadiu a área, mas viu Weverton fazer boa defesa na finalização.

A tentativa de resposta do Verdão veio aos 41, quando Scarpa cruzou na segunda trave, mas Wesley cabeceou fraco, sem direção. A última oportunidade antes do intervalo aconteceu aos 47, quando Rony foi acionado por Danilo em velocidade e cruzou rasteiro. Benevenuto desviou pela linha de fundo e quase mandou contra a própria meta.

As duas equipes voltaram sem alterações para a segunda etapa, e a primeira oportunidade de perigo foi do Fortaleza. Aos cinco minutos, Matheus Vargas cruzou com veneno, e a bola tirou tinta da trave após desvio de Murilo. O Verdão respondeu rápido, aos sete, quando Zé Rafael completou o escanteio de Gustavo Scarpa na primeira trave, e Fernando Miguel fez excelente defesa.

A partida seguiu movimentada no segundo tempo e, aos nove minutos, foi a vez de Weverton trabalhar, depois que Yago Pikachu saiu cara a cara ao ser acionado em velocidade. Depois disso, o Palmeiras voltou a assustar aos 17, quando Wesley invadiu a área pela esquerda e chutou cruzado, e Fernando Miguel fez outra boa defesa.

Preservado na escalação inicial, Raphael Veiga entrou em campo aos 19, na vaga de Dudu. Na mesma parada, Breno Lopes substituiu Wesley. E foi o camisa 19 quem quase abriu o marcador aos 31, quando recebeu de Rony e finalizou em cima do goleiro.

O Palmeiras subiu para pressionar o time da casa na reta final e levou perigo na bola parada, uma de suas especialidades. Em cobrança de falta lateral, Gustavo Scarpa cobrou com veneno para dentro da área e a bola passou por todo mundo antes de Fernando Miguel fazer outra boa defesa.

Na emoção dos últimos minutos, o clima esfriou no Castelão quando houve uma queda de energia na região do estádio, e os refletores se apagaram. Como a origem foi na parte externa, não houve previsão de retorno imediato. Assim, o árbitro Wilton Pereira Sampaio encerrou a partida depois dos 30 minutos protocolares.

FORTALEZA 0 X 0 PALMEIRAS

FORTALEZA: Fernando Miguel; Habraão, Marcelo Benevenuto e Titi; José Welison, Felipe, Matheus Vargas (Hércules), Yago Pikachu e Lucas Crispim; Romarinho e Moisés (Depietri). Técnico: Juan Pablo Vojvoda

PALMEIRAS: Weverton; Marcos Rocha, Luan, Murilo e Piquerez; Danilo, Zé Rafael (Atuesta) e Gustavo Scarpa; Wesley (Breno Lopes), Dudu (Raphael Veiga) e Rony (Gabriel Silva). Técnico: Abel Ferreira

Local: Arena Castelão, em Fortaleza (CE)
Data: 10 de julho de 2022 (domingo)

Árbitro: Wilton Pereira Sampaio (FIFA)
Assistente: Bruno Raphael Pires (FIFA) e Bruno Boschilia (FIFA)
VAR: Pablo Ramon Goncalves Pinheiro (RN)
Cartões amarelos: Rony (Palmeiras)



Compartilhe