Santos

CAMPEONATO PAULISTA

Santos recebe Inter de Limeira para não se complicar no Paulistão

Sob pressão, Peixe precisa da vitória para tentar alcançar as quartas de final

postado em 18/04/2021 09:33 / atualizado em 18/04/2021 09:45

(Foto: Ivan Storti/Santos FC)
Com apenas uma vitória em seis jogos, o Santos volta a campo pelo Paulistão neste domingo, às 20 horas, na Vila Belmiro, para não se complicar na competição. O time de Ariel Holan vem de dois tropeços seguidos no Estadual, o último deles uma dura derrota por 3 a 0 para a Ponte Preta, na noite de sexta-feira.

Em caso de nova derrota, o Santos pode enfrentar maiores dificuldades para alcançar as quartas de final, principalmente porque a partir de terça vai dividir as atenções do Paulistão com a perigosa fase de grupos da Copa Libertadores. E não é segredo para ninguém que a prioridade do time é a competição internacional, da qual é o atual vice-campeão.

Apesar do tropeço em Campinas, o Santos sustentou a segunda posição do Grupo D, atrás apenas do Mirassol, com oito pontos. O time da Vila tem seis, mas poderá ser superado no decorrer da rodada pelo Guarani, que tem cinco. Somente os dois primeiros colocados de cada chave vão às quartas de final.

Daí a quase obrigação do Santos de buscar a segunda vitória no Paulistão neste domingo. Para tanto, Holan aposta na volta de Soteldo, que foi poupado na sexta. Após o jogo, ele evitou projetar a escalação deste domingo, mas garantiu que ao menos o venezuelano será titular na Vila.

O retorno do atacante será importante porque o Santos não balançou as redes nos últimos dois jogos do Paulistão. Na sexta, a formação alternativa, com os jovens Ângelo, Lucas Braga e Kaio Jorge esteve longe de dar liga. O ataque praticamente não existiu no primeiro tempo. E só "acordou" no segundo com a entrada de Marinho.

A derrota para a Ponte escancarou o dilema vivido por Holan. Ele sabe que precisa dos titulares para levar o Santos às quartas do Paulistão. Mas, ao mesmo tempo, não pode perder peças importantes para a estreia na fase de grupos da Libertadores, na terça.

O treinador, portanto, vai quebrar a cabeça para tentar compor uma equipe que seja competitiva neste domingo sem usar muitos titulares. E torcer para que os principais jogadores do time em campo não sofram lesões ou excessivo desgaste físico.

"Temos um plantel curto e todos os jogadores têm de jogar. Já jogamos quatro partidas de Copa (Libertadores) e agora temos de pensar como equilibrar o time, deixá-lo competitivo como fizemos na Libertadores", comentou o treinador após o 3 a 0 diante da Ponte.

INTER DE LIMEIRA

Com quatro derrotas em cinco jogos disputados no Campeonato Paulista, a Inter de Limeira só pensa na vitória contra o Santos. A sequência negativa preocupa o time de Limeira, que venceu apenas no dia 6 de março, quando bateu o Novorizontino por 1 a 0, pela terceira rodada. Depois disso perdeu para Mirassol (1 a 0, fora de casa) e Red Bull Bragantino (2 a 0, em casa).

O time limeirense é o lanterna do Grupo A, com três pontos, estando na zona de rebaixamento. Sobre a formação que entrará em campo, o pressionado técnico Thiago Carpini terá que mexer em relação aos titulares na derrota para o Red Bull Bragantino. Na lateral-direita, Matheus Alexandre foi expulso e cumprirá suspensão automática. Elacio Cordoba deverá iniciar o jogo. Ainda no sistema defensivo, Luís Gustavo deixou o campo lesionado e será mais bem avaliado pelo departamento médico antes da viagem ao litoral. Caso não tenha condições, Renan Fonseca é quem formará dupla defensiva com Thalisson Kelven.

Tags: peixe pressao santossp paulista2021