Santos

SANTOS

Diniz terá como meta mostrar o seu lado formador no Santos

Em situação financeira delicada, o Peixe terá pouca verba para fazer contratações

postado em 08/05/2021 14:06

(Foto: Rubens Chiri / saopaulofc.net)
O Santos anunciou, nesta sexta-feira, a contratação de Fernando Diniz, o escolhido para substituir Ariel Holan no comando técnico da equipe. Dentre os muitos desafios que o treinador terá no Peixe, um deles será mostrar o seu lado formador, criando as melhores condições para os jovens revelados pela base do clube.

Em situação financeira delicada, o Santos terá pouca verba para fazer contratações. Inclusive, a tendência é que os reforços cheguem apenas por empréstimo. Dessa forma, Diniz terá que utilizar o material humano do elenco atual, que é repleto de jovens valores.

No São Paulo, Diniz mostrou que tem uma boa mão para desenvolver atletas de pouca idade, criando um contexto favorável para que desenvolvam o seu futebol. No ano passado, por exemplo, o Tricolor não fez nenhuma contratação. O único reforço foi Luciano, que chegou em uma com o Grêmio pelo meia Everton. Assim, o técnico também teve que se virar com as peças disponíveis.

E o discurso de utilizar a base foi posto em prática. Diniz não apenas utilizou os jogadores revelados por Cotia, como também os tornou em peças titulares. Em um determinado momento do Campeonato Brasileiro, quando o São Paulo liderava a competição, cinco dos titulares eram revelações do clube: Diego Costa, Luan, Igor Gomes, Gabriel Sara e Brenner.

Além disso, vale destacar como Diniz mostrou que tem paciência para desenvolver os jovens talentos, dando respaldo em momentos delicados. Gabriel Sara, por exemplo, teve um início instável, sendo muito criticado pela torcida. No entanto, o treinador bancou o jogador, que, aos poucos, tornou-se um dos jogadores mais importantes da equipe.

No momento, o Santos tem quatro atletas que são revelados pela base e titulares: João Paulo, Kaiky, Gabriel Pirani e Kaio Jorge, que alterna com Marcos Leonardo. Além do quarteto, o Peixe ainda possui diversos nomes jovens no elenco que podem crescer sob o comando de Diniz.

Apesar de já ter sido oficializado, Diniz fará a sua estreia apenas na terça-feira, contra o Boca Juniors, pela Libertadores. Dessa forma, o interino Marcelo Fernandes permanece no banco de reservas no jogo decisivo contra o São Bento, que acontece neste domingo, na Vila Belmiro.

Tags: futenacional seriea santossp paulista2021 libertadores2021 sanopaulosp