UAI

2

Santos bate Mirassol nos pênaltis e vai encarar o América na Copa São Paulo

Peixe leva a melhor nas penalidades e pegará o Coelho na semifinal

19/01/2022 00:15
compartilhe
Santos sofre, mas bate o Mirassol nos pênaltis e vai encarar o América na semifinal da Copinha
foto: Divulgação/Santos

Santos sofre, mas bate o Mirassol nos pênaltis e vai encarar o América na semifinal da Copinha

O Santos está classificado para a semifinal da Copa São Paulo de Futebol Júnior. Nesta terça-feira, em Araraquara, o alvinegro saiu na frente diante do Mirassol, mas cedeu o empate nos minutos finais e precisou das penalidades para garantir a vaga na semifinal. O Peixe, que fez 3 a 1 nos tiros livres, após 2 a 2 no tempo regulamentar, terá pela frente o América, que bateu o Botafogo por 1 a 0, em Jaú.

Logo no começo do jogo, aos 22 minutos, o capitão do Peixe, Sandro Perpétuo, teve problema no músculo posterior da coxa e precisou ser substituído por Andrey Quintino. A primeira etapa ficou marcada por muito equilíbrio. Em um jogo apertado, as primeiras grandes oportunidades foram do Mirassol, aos 30 e aos 32 minutos, ambas defendidas por Diógenes.

Aos 38 minutos do primeiro tempo, porém, o Santos abriu o placar. Lucas Pires levou para o fundo pela esquerda e cruzou na medida para Rwan Seco, que cabeceou para baixo, no canto do gol do Mirassol, para colocar o Peixe em vantagem.

Antes de o jogo ir para o intervalo, um lance polêmico ocorreu envolvendo a arbitragem. Frank foi derrubado por Jair dentro da área, mas o juiz assinalou falta para o Mirassol, alegando que o toque foi fora da grande área. Na cobrança, Tota chutou para fora e, assim, o primeiro tempo terminou com 1 a 0 para o Santos.

Na volta para a segunda etapa, o Peixe demorou apenas sete minutos para ampliar. Edcarlos passou de peito para Lucas Barbosa, que encontrou Rwan Seco dentro da área. O atacante limpou a marcação e bateu para o fundo das redes, dando maior tranquilidade para a equipe santista na partida.

Aos 30 minutos do segundo tempo, porém, o Mirassol diminuiu. Em cobrança de falta pela esquerda, Wesley cruzou fechado e Gabriel Tota apareceu para cabecear para o fundo das redes.

O Mirassol seguiu pressionando e, aos 43 da etapa final, Pedro Rinaldi subiu mais que a marcação e cabeceou para fazer o gol de empate, levando o jogo para os pênaltis. O time foi recompensado pela pressão constante e buscou a reação nos minutos finais.

Nos pênaltis, Diógenes defendeu as cobranças de Gabriel Tota e Moreira e Wesley bateu de cavadinha por cima do gol. Com três cobranças perdidas pelo Mirassol, Lucas Barbosa converteu o quarto chute do Santos e classificou a equipe alvinegra.

Compartilhe