UAI

2

São Paulo toma susto, mas vence Vasco e encara o Cruzeiro na Copa São Paulo

Jogo marcará reencontro da Raposa com o ídolo Alex, técnico do tricolor

17/01/2022 22:14 / atualizado em 17/01/2022 23:58
compartilhe
Tricolor, do técnico Alex, eliminou o Vasco em jogo com seis gols e vai enfrentar o Cruzeiro na Copinha
foto: Rubens Chiri/Saopaulofc.net

Tricolor, do técnico Alex, eliminou o Vasco em jogo com seis gols e vai enfrentar o Cruzeiro na Copinha

O São Paulo está com seu passaporte carimbado para as quartas de final da Copa São Paulo, mas não sem sustos. Nesta segunda-feira, o tricolor enfrentou o Vasco pelas oitavas e chegou a abrir três de vantagem, mas relaxou e viu a equipe carioca crescer. Porém, com gol no fim, decretou a vitória por 4 a 2. Agora, a equipe do Morumbi enfrentará o Cruzeiro pela próxima etapa. Será o reencontro da Raposa com um de seus grandes ídolos, o ex-armador Alex, que comanda o time paulista.

Na noite desta segunda-feira, a Federação Paulista de Futebol, que organiza o torneio, confirmou a data, local e horário do jogo entre São Paulo x Cruzeiro. O duelo das quartas de final será nesta quarta-feira, às 21h30, no Estádio Anacleto Campanela, em São Caetano do Sul. O vencedor terá pela frente, nas semifinais, Palmeiras ou Oeste, que se enfrentam no mesmo dia, às 19h, em Barueri. 

Além da classificação, a vitória são-paulina representou também a manutenção dos 100% de aproveitamento do time até aqui na Copinha. São seis vitórias em seis jogos. 

O São Paulo começou ligado no duelo e logo abriu o placar. Aos 3 minutos de bola rolando, Luís Henrique levantou pela esquerda e Maioli subiu para mandar no limite, entre o goleiro e a trave. 1 a 0 para o Tricolor.

Mesmo com a vantagem, a equipe paulista não se acomodou e continuou buscando. Aos 21 minutos, Léo tentou de fora da área, mas a bola explodiu na marcação. No rebote, Maioli, também de fora, de novo, estava atento. O atacante pegou em cheio, forte, sem chances de defesa. Belo gol.

Na segunda etapa, o São Paulo continuava melhor e chegou ao terceiro, dessa vez com Talles Wander. Com três de diferença no placar e menos de 10 minutos para o apito final, todos davam a partida como encerrada. Mas não o Vasco. Aos 36, Figueiredo marcou um verdadeiro golaço e, aos 37, Andrey complementou. O restante da partida foi de muita emoção, mas não teve jeito. O Tricolor marcou o quarto com Vitinho e decretou a classificação.

Compartilhe