UAI

2

São Paulo vence Água Santa e assume liderança do Grupo B no Paulistão

Tricolor tem dificuldade, mas ganhou com belo gol de Calleri, no fim

28/02/2022 18:13
compartilhe
Com belo gol de bicicleta, Calleri (9) garantiu triunfo e liderança do São Paulo
foto: Rubens Chiri/saopaulofc.net

Com belo gol de bicicleta, Calleri (9) garantiu triunfo e liderança do São Paulo


O São Paulo, enfim, assumiu a liderança do Grupo B do Campeonato Paulista. Visitando o Água Santa na tarde deste sábado, na Arena Inamar, em Diadema, pela nona rodada da competição, o time comandado por Rogério Ceni não fez um jogo brilhante, mas conseguiu a vitória por 2 a 1 já no apagar das luzes com um golaço de bicicleta de Calleri. Reinaldo foi quem abriu o placar, de pênalti. Alex Silva descontou para os donos da casa.

Com o resultado, o São Paulo foi a 14 pontos e desbancou o São Bernardo, também com 14 tentos, da liderança do Grupo B, já que tem um melhor saldo de gols que o rival do ABC. O Tricolor ainda tem um jogo a menos e pode ampliar a distância para o agora segundo colocado da chave.

O São Paulo volta a entrar em campo no próximo sábado, quando encara o Corinthians, no Morumbi, às 16h (de Brasília). Já o Água Santa encara a Ponte Preta, no Moisés Lucarelli, no mesmo dia, mas um pouco mais tarde, às 20h30.

O JOGO


O São Paulo teve a grande primeira oportunidade de abrir o placar aos 13 minutos. Reinaldo desceu pela esquerda e cruzou por baixo, encontrando Rigoni no segundo pau. Mas, o argentino, ao pegar de primeira, mandou para muito longe. Mais tarde foi a vez de Igor Gomes finalizar após boa troca de passes na entrada da área, mas também faltou pontaria ao meio-campista tricolor.

O São Paulo continuou pressionando o Água Santa, marcando forte presença no campo de ataque. Aos 25 minutos, Reinaldo recebeu lançamento e pegou de primeira, sem deixar a bola cair no chão, assustando o goleiro adversário. Pouco depois, em cobrança de escanteio, Arboleda subiu mais alto que a defesa rival, mas cabeceou fraco.

De tanto insistir, o Tricolor foi premiado com um pênalti a seu favor já na reta final de jogo. Juan foi puxado pela camisa dentro da área ao disputar a bola no alto, e o árbitro Luiz Flávio de Oliveira não deixou passar. Reinaldo foi para a cobrança e bateu firme, abrindo o placar para o São Paulo em Diadema.

O que o time comandado por Rogério Ceni não contava era com o empate do Água Santa antes do intervalo. Aos 43 minutos, Alex Silva ficou com a sobra do cruzamento vindo pela esquerda, dominou dentro da área e bateu forte, cruzado, vencendo o goleiro Jandrei e deixando tudo igual.

O início do segundo tempo do São Paulo foi bastante sonolento. O Água Santa teve duas grandes oportunidades para virar, primeiro com Álvaro, que fez recebeu de costas para o gol, na entrada da área, fez o giro e bateu com perigo. Depois, Fernandinho passou pela marcação são-paulina e bateu cruzado, tirando tinta da trave.

Insatisfeito com o desempenho ofensivo da equipe, o técnico Rogério Ceni optou por fazer quatro alterações: Luciano, Calleri, Gabriel Sara e Marquinhos entraram nas vagas de Rigoni, Eder, Juan e Igor Gomes, respectivamente.

Mas, o que trouxe impacto ao jogo foi a expulsão de Fernandinho, que acabou acertando o rosto de Marquinhos em disputa de bola e recebeu seu segundo cartão amarelo da arbitragem. Procurando aproveitar a vantagem numérica, Ceni decidiu promover a estreia de Andrés Colorado, que entrou na vaga de Pablo Maia para tentar trazer algo novo ao confronto, mas sem sucesso.

O Tricolor, porém, não desistiu e pouco antes do apito final conseguiu arrancar a vitória na raça com um golaço de Calleri. O argentino aproveitou o cruzamento interceptado para completar de bicicleta para o gol, surpreendendo toda a defesa do Água Santa, que apenas observou a bola morrer no fundo das redes.

ÁGUA SANTA 1 x 2 SÃO PAULO


ÁGUA SANTA
Victor Souza; Alex Silva (Leandro Silva), Marcondes, Hélder e Rhuan; Rodrigo Sam, Cristiano (Lelê), Caíque (Jeferson Bahia) e Dadá Belmonte; Fernandinho e Álvaro (Alyson)
Técnico: Sérgio Guedes

SÃO PAULO
Jandrei; Moreira, Arboleda, Miranda e Reinaldo; Pablo Maia (Andrés Colorado), Rodrigo Nestor e Igor Gomes (Marquinhos); Rigoni (Luciano), Eder (Calleri) e Juan (Sara)
Técnico: Rogério Ceni

Local: Arena Inamar, em Diadema (SP)
Data: 28 de fevereiro de 2022, segunda-feira
Árbitro: Luiz Flávio de Oliveira
Assistentes: Daniel Paulo Ziolli e Evandro de Melo Lima.
VAR: Márcio Henrique de Gois
GOLS: Reinaldo, aos 38, Alex Silva, aos 43min do 1ºT; Calleri, aos 44min do 2ºT
Cartões amarelos: Alex Silva, Hélder, Fernandinho (Água Santa); Pablo Maia, Marquinhos, Luciano, Miranda (São Paulo)
Cartão vermelho: Fernandinho, Hélder (Água Santa)

Compartilhe