UAI

2

Lisca nega acerto com Santos, mas não garante permanência no Sport

Treinador ficou incomodado com hostilidade da torcida rubro-negra em empate na Ilha do Retiro e disse que avaliaria propostas

19/07/2022 12:01
compartilhe
Lisca pode deixar o Sport após apenas quatro jogos
foto: Reprodução/Sport

Lisca pode deixar o Sport após apenas quatro jogos


Após demissão de Fabián Bustos, há quase três semanas, o Santos ainda busca um novo treinador. Nesta segunda-feira, o clube avançou pela contratação de Lisca, mas o técnico do Sport, hostilizado pela torcida na Ilha do Retiro, negou um possível acerto, embora tenha evitado garantir a permanência no time pernambucano.

Após o empate por 0 a 0 com o Vila Nova, pela 18ª rodada da Série B do Campeonato Brasileiro, o treinador de 49 anos concedeu entrevista coletiva e foi seguidamente questionado sobre o Santos. A possível saída de Lisca gerou revolta na torcida do Sport, que hostilizou o treinador ao fim do jogo.

"Eu estou aqui, sou treinador do Sport. Obviamente, nego (o acerto com o Santos). De onde veio a notícia? Pergunta para quem deu a notícia. Tem alguma declaração de algum dirigente do Santos? Tem declaração minha? Tem declaração do meu agente? Obviamente que não (é verdade)", declarou Lisca.

Negando o contato com o time da Vila Belmiro, Lisca também não confirmou a permanência no Sport para o restante da Série B. Ele chegou no clube rubro-negro no fim de junho, para substituir Dal Pozzo. Por enquanto, o técnico comandou o time pernambucano em apenas quatro partidas, com três empates (todos por 0 a 0) e uma vitória.

O treinador, por outro lado, disse que avaliaria qualquer oferta que chegasse. "O mercado do futebol funciona assim. Já recebi três propostas para sair desde que cheguei no Sport e não saí. Dessas três, nenhuma do Santos. Estou comprometido com o Sport. Vou avaliar, quando chegar em casa, se tiver essa proposta, porque, até agora, não tive", disse.

O argentino Fabián Bustos, que estava no Santos, foi demitido após a eliminação nas oitavas de final da Copa Sul-Americana para o Deportivo Táchira-VEN, na Vila Belmiro. Desde então, quem comanda o Peixe é o auxiliar Marcelo Fernandes.

Compartilhe