Mais Esportes

DOPING

Bicampeã olímpica, Isinbayeva pede clemência à IAAF depois de escândalo de doping

Atleta pediu para entidade não suspender Rússia de todas as competições

postado em 13/11/2015 19:41 / atualizado em 13/11/2015 18:47

AFP
A recordista mundial do salto com vara (5,06m), Yelena Isinbayeva, pediu clemência nesta sexta-feira à IAAF (Associação Internacional de Federações de Atletismo). A bicampeã olímpica solicitou que a federação não suspenda a Rússia de todas as competições.

“A situação em torno da equipe russa de atletismo é triste. Mas quero fazer um pedido: não reduzam todos os atletas ao mesmo nível”, pediu a ‘Czarina’, que com uma possível suspensão russa dos torneios de atletismo, seria impedida de tentar o tri nos Jogos Olímpicos do Rio 2016.

“É injusto privar os atletas inocentes, que não têm envolvimento no caso, do direito de participar dos Jogos do Rio”, destacou Isinbayeva, afastada do esporte desde que foi campeã mundial em 2013 devido ao nascimento da filha.

A WADA (Agência Mundial Antidoping) soltou na segunda-feira um relatório acusando a Rússia de “doping organizado”, e pedindo que a IAAF banisse o país de todos os torneios internacionais de atletismo. A federação está reunida nesta sexta-feira desde às 16h (de Brasília) em Mônaco, para decidir se seguirá a recomendação da agência.