UAI


Algoz de Borrachinha no UFC, italiano 'agradece' a mineiro por relógio novo

Marvin Vettori provoca e exibe acessório adquirido com valor de multa

17/11/2021 19:33
compartilhe
Em jantar com amigos, Vettori agradece a Borrachinha por relógio comprado com multa de mineiro
foto: Reprodução/Instagram

Em jantar com amigos, Vettori agradece a Borrachinha por relógio comprado com multa de mineiro


Algoz do mineiro Paulo Borrachinha ao vencer a luta, em 23 de outubro, no UFC em Las Vegas, por decisão unânime dos juízes, Marvin Vettori exibiu um novo acessório adquirido, segundo ele, graças ao atleta de Contagem. Por meio das redes sociais, o italiano postou vídeo com um novo relógio e aproveitou para provocar o último oponente no octógono. 

"Quero fazer um brinde ao Paulo Costa, porque você me deixou ter um bom relógio para melhorar tudo. Então, vamos lá, baby. Obrigado, Paulo", declarou Vettori no vídeo, ao lado de amigos. O brinde, segundo o italiano, foi em agradecimento ao mineiro por ter sido punido ao exceder o limite do peso médio (84kg) para a luta e ter parte da bolsa repassada ao oponente. 

Como Borrachinha estava muito acima do peso, o duelo contra o italiano foi disputado na divisão dos meio-pesados (93kg). O italiano, na semana do combate, disse que o mineiro informou que não conseguiria bater os 84kg. Depois de um acerto entre as partes, eles se enfrentaram nos meio-pesados. Na pesagem, o mineiro alcançou 92,8kg, enquanto Vettori atingiu 92,5kg.

O UFC, no entanto, decidiu punir Borrachinha com a perda de 20% da bolsa para a luta, que estava programada para os médios. O valor, como ocorre tradicionalmente em caso de multa por excesso de peso, foi revertido ao adversário. Com isso, Vettori engordou a conta bancária, já que ele faturou também bônus de US$ 50 mil (cerca de R$ 276 mil) pela performance da noite, e disse que aproveitou para comprar o relógio de pulso exibido no vídeo. 

Borrachinha e Vettori foram os últimos desafiantes do campeão peso médio do UFC, Israel Adesanya. O mineiro foi batido pelo dono do cinturão por nocaute técnico no segundo round, em duelo na 'Ilha da Luta', em Abu Dhabi, em setembro de 2020. O italiano perdeu por pontos (decisão unânime) em confronto no UFC 263, em junho passado, em Las Vegas. 

 



Compartilhe