UAI

2

Brasil vence a França e decide a Liga das Nações contra a Polônia

Vitória fácil sobre a forte adversária serviu como revanche da fase de classificação

26/06/2021 09:45 / atualizado em 26/06/2021 15:44
compartilhe
Texto atualizado às 15h44
Seleção Brasileira não teve dificuldades contra a França
foto: Divulgação/FIVB/Twitter

Seleção Brasileira não teve dificuldades contra a França


Depois do vice-campeonato com a Seleção Feminina, o Brasil vai tentar o ouro da Liga das Nações com o time masculino em Rimini, na Itália. Neste sábado pela manhã, a equipe brasileira não tomou conhecimento da forte França, se vingando da fase de classificação com vitória fácil e imponente por 3 a 0, parciais de 25/20, 25/18 e 25/19. O ponteiro Leal, com 20 pontos, foi o destaque da Seleção Brasileira diante dos franceses.

Na final, o Brasil enfrentará a Polônia, em duelo marcado para este domingo, às 10h (de Brasília). Na semifinal, os poloneses eliminaram a Eslovênia com triunfo por 3 sets a 0, com parciais de 25/22, 25/21 e 25/23. 

Disposto a surpreender os franceses, o técnico Carlos Schwanke optou por Isac no lugar de Lucão no meio de rede, mas a mudança na escalação titular durou pouco com lesão do escolhido. Voltou à formação tradicional e mandou na partida desde o ponto inicial.

Com saque forte, concentração alta e precisão no bloqueio, a seleção brasileira não permitiu que os franceses assustassem em nenhum momento. A prova vem dos somente 5 pontos do astro francês N'Gapeth. Além disso, a seleção adversária não passou dos 20 pontos em nenhum set.

Uma vingança em alto estilo para quem sofreu 3 a 0 na fase de classificação dos franceses e pouco fez na rodada final, contra a Rússia, também derrotada por sets corridos. Destaque, ainda, para Maurício Souza, que foi perfeito anotando cinco dos seus oito pontos em bloqueios.

O Brasil foi o líder geral e neste domingo buscará o inédito título para completar sua vitoriosa campanha nas quadras. Na edição passada da Liga das Nações a seleção ficou em quarto.

Poloneses comemoram a classificação diante da Eslovênia, por 3 a 0, na outra semifinal
foto: Divulgação/FIVB

Poloneses comemoram a classificação diante da Eslovênia, por 3 a 0, na outra semifinal



Compartilhe