UAI

2

Grêmio é punido pelo STJD por invasão de torcedores a campo após derrota

Tricolor recebeu multa de R$ 100 mil e não poderá abrir Arquibancada Norte da Arena pelos próximos sete jogos, incluindo o confronto com o Atlético

29/11/2021 20:47
compartilhe
Punido pelo STJD, Grêmio não poderá abrir Arquibancada Norte da Arena nos jogos restantes
foto: Lucas Uebel/Grêmio

Punido pelo STJD, Grêmio não poderá abrir Arquibancada Norte da Arena nos jogos restantes

 
O Superior Tribunal de Justiça Desportiva (STJD) aplicou uma multa de R$ 100 mil ao Grêmio e interditou a Arquibancada Norte da Arena pelos próximos sete jogos pela invasão de torcedores na derrota por 3 a 1 diante do Palmeiras, pela 29ª rodada do Brasileirão. Com isso, o tricolor enfrentará o Atlético, no encerramento do campeonato, sem a presença de público no local. 

No entanto, o time gaúcho foi absolvido no artigo 211 e poderá ter torcida no duelo diante do São Paulo, na próxima quinta-feira. O jogo é válido pela 35ª rodada do Brasileiro e terá início às 20h. Com 36 pontos, o Grêmio precisa desesperadamente da vitória nas três partidas restantes, para seguir na luta contra a queda à Série B. 

Absolvido no artigo 211 (deixar e manter o local com infraestrutura necessária a assegurar plena garantia e segurança), mas acabou punido no artigo 213 (deixar tomar providências capazes de prevenir e reprimir desordens).

Segundo a pena imposta pela entidade, o Grêmio teria que jogar os próximos 10 jogos com o setor interditado. No entanto, o clube já fez três partidas do Brasileirão com portões fechados, o que fez esse número cair para sete.

Denunciado por desrespeitar a arbitragem, Rafinha foi punido com uma partida de suspensão. Já o Palmeiras foi absolvido em denúncia pela conduta de seu torcedor. A decisão é de primeira instância e cabe recurso.

O CASO

Após a derrota para o Palmeiras, a torcida do Grêmio invadiu o campo de jogo, depredou a cabine do VAR e outros equipamentos, além de agredir profissionais de imprensa. A televisão flagrou também brigas, de um certo ponto cômico, entre torcedores de ambos os clubes.

O árbitro Sávio Pereira Sampaio relatou na súmula as ocorrências e registrou ainda a conduta do atleta Rafinha, que estava suspenso pelo terceiro amarelo e acompanhou o jogo da arquibancada.

"Informo que no intervalo da partida quando a equipe de arbitragem se deslocava para o vestiário, na zona mista, o atleta não relacionado, sr. Márcio Rafael Ferreira de Souza, da equipe do Grêmio FBPA, proferiu as seguintes palavras, de forma ofensiva, desrespeitosa, em alto tom de voz por repetidas vezes à equipe de arbitragem: 'Vocês vão se f**, vieram nos prejudicar'. Ao final da partida, quando a equipe de arbitragem se deslocava para o vestiário, na zona mista, o atleta não relacionado, o sr. Márcio Rafael Ferreira de Souza, da equipe do Grêmio FBPA, proferiu as seguintes palavras de forma ofensiva, desrespeitosa, em alto tom de voz por repetidas vezes à equipe de arbitragem: 'Você e o Igor do VAR vieram nos prejudicar, vai se f**, vai tomar no c*'. informo que toda a equipe de arbitragem se sentiu ofendida."

O Grêmio pegou uma pena mais branda do que esperado, o que lhe proporciona colocar torcida no jogo decisivo do Brasileirão, muito por ter identificado 24 torcedores envolvidos na confusão. 

Compartilhe