UAI


Campeã do US Open, Emma Raducanu salta 127 posições no ranking da WTA

Britânica de apenas 18 anos figura no Top 100 pela primeira vez

13/09/2021 11:25 / atualizado em 13/09/2021 11:30
compartilhe
Raducanu é agora a segunda mais nova no Top 50
foto: TIMOTHY A. CLARY/AFP

Raducanu é agora a segunda mais nova no Top 50

Depois de viver três semanas dos sonhos, furando o qualifying do US Open e depois conquistando o título do torneio, o primeiro de sua carreira, com 10 vitórias consecutivas todas em sets diretos, a britânica Emma Raducanu, de apenas 18 anos, viu a incrível campanha lhe render 127 colocações no ranking da WTA, em um salto que a colocou no Top 100 pela primeira vez e já indo ao 23.º lugar.

Raducanu é agora a segunda mais nova no Top 50, ficando atrás apenas da americana Coco Gauff, de 17 anos, que estreou no Top 20 ao alcançar o 19.º lugar nesta semana, e a terceira no Top 100, faixa na qual também está a dinamarquesa Clara Tauson (70.ª colocada), apenas um mês mais nova que a colega britânica.

Vice-campeã em Nova York e outra jovem promissora no circuito profissional, a canadense Leylah Fernandez também deu um belo salto no ranking, só que um pouco mais comedido do que Raducanu. A tenista de 19 anos entrou para o Top 30 pela primeira vez, ganhou 45 lugares na WTA e aparece agora no 28.º posto.

Na contramão de Fernandez, a compatriota Bianca Andreescu foi quem mais sofreu entre os principais nomes. A canadense de 21 anos, que defendia os pontos pela conquista do US Open de 2019 e que neste ano não passou das oitavas de final, despencou 13 colocações e por pouco não deixou o Top 20, caindo justamente para a 20.ª posição.

Também perdeu bastante terreno a americana Serena Williams, que desceu 19 lugares e agora é a 41.ª do mundo. A caçula das irmãs Williams não tinha um ranking tão baixo desde o começo de julho de 2018, quando era a 181.ª do mundo e estava no processo de retorno após dar a luz à primeira filha.

A liderança permanece com a australiana Ashleigh Barty, com 10;075 pontos. Ela tem grande vantagem para a belarussa Aryna Sabalenka, que está com 7.720. A terceira colocação é da checa Karolina Pliskova, com 5.315. O Top 5 é completado pela ucraniana Elina Svitolina e pela japonesa Naomi Osaka.

BRASIL - A paulista Beatriz Haddad Maia segue em ótimo momento e vem pouco a pouco recuperando as colocações perdidas. Nesta segunda-feira, a canhota de 25 anos conseguiu uma disparada de 50 colocações na WTA e já está entre as 130 melhores do mundo, ocupando o 124.º lugar nesta segunda-feira.

Esta é a sua melhor colocação quase dois anos. Ela não aparecia entre as 130 primeiras desde o começo de 2020, ano em que chegou a sair do Top 1000. Naquela temporada, Bia Haddad passou duas semanas abaixo das 1.300, logo que o ranking foi descongelado, mas em mais duas semanas já havia se recuperado e estava pelo menos entre as 500.

Depois disso, em mais duas semanas ela se colocou entre as 400 melhores e por lá ficou até abril de 2021, quando voltou ao Top 300 na 294.ª colocação. Desde então a paulista, que já foi a número 58 do mundo, vem escalando o ranking e recuperando lugares, tentando voltar ao Top 100, faixa de ranking que não ocupa desde a primeira metade de setembro de 2019.

Confira o ranking da WTA:


1.ª - Ashleigh Barty (AUS) - 10.075 pontos
2.ª - Aryna Sabalenka (BIE) - 7.720
3.ª - Karolina Pliskova (RCH) - 5.315
4.ª - Elina Svitolina (UCR) - 4.860
5.ª - Naomi Osaka (JAP) - 4.796
6.ª - Sofia Kenin (EUA) - 4.692
7.ª - Barbora Krejcikova (RCH) - 4.668
8.ª - Iga Swiatek (POL) - 4.571
9.ª - Garbiñe Muguruza (ESP) - 4.380
10.ª - Petra Kvitova (RCH) - 4.060
11.ª - Simona Halep (ROM) - 4.051
12.ª - Belinda Bencic (SUI) - 3.820
13.ª - Maria Sakkari (GRE) - 3.750
14.ª - Anastasia Pavlyuchenkova (RUS) - 3.590
15.ª - Angelique Kerber (ALE) - 3.245
16.ª - Elise Mertens (BEL) - 3.140
17.ª - Elena Rybakina (CAZ) - 3.068
18.ª - Ons Jabeur (TUN) - 2.975
19.ª - Cori Gauff (EUA) - 2.815
20.ª - Bianca Andreescu (CAN) - 2.777

124.ª - Beatriz Haddad Maia (BRA) - 629
268.ª - Gabriela Cé (BRA) - 239
311 - Laura Pigossi (BRA) - 201


Compartilhe