Valentino Rossi anuncia aposentadoria da MotoGP no final de 2021

Decisão foi anunciada em uma entrevista coletiva extraordinária no circuito Red Bull Ring, em Spielberg, na Áustria

05/08/2021 19:23
compartilhe
Decisão de Valentino Rossi foi anunciada em uma entrevista coletiva extraordinária no circuito Red Bull Ring, em Spielberg, na Áustria
foto: ERWIN SCHERIAU / APA / AFP

Decisão de Valentino Rossi foi anunciada em uma entrevista coletiva extraordinária no circuito Red Bull Ring, em Spielberg, na Áustria



Uma lenda da motovelocidade vai parar. Aos 42 anos, o italiano Valentino Rossi, multicampeão da MotoGP, confirmou nesta quinta-feira que vai se aposentar das pistas após o final desta temporada. A decisão foi anunciada em uma entrevista coletiva extraordinária no circuito Red Bull Ring, em Spielberg, na Áustria, antes da disputa da etapa da Estíria, que marca a volta da categoria após as férias de verão.

A expectativa do anúncio da aposentadoria de Valentino Rossi já existia há algumas semanas, com o italiano vivendo a sua pior temporada na MotoGP. E o local da confirmação não poderia ser outro: na quarta-feira completou-se 25 anos de seu primeiro pódio no Mundial de Motovelocidade, quando foi terceiro colocado no GP da Áustria das 125cc no próprio circuito Red Bull Ring, quando ainda era conhecido como A1 Ring.

"Eu decidi parar no fim desta temporada. Então, infelizmente, esta será a minha última meia temporada como piloto da MotoGP", anunciou Valentino Rossi. "É difícil. É um momento triste, pois é difícil de dizer e saber que não vou correr de moto no próximo ano", desabafou.

"Faço isso a mais ou menos 30 anos. Então no próximo ano a minha vida vai mudar, mas, de qualquer forma foi ótimo. Eu curti muito Foi uma longa, longa jornada. Muito divertida. 25, 26 anos no campeonato mundial", lembrou. "Foi ótimo, tive momentos inesquecíveis com os meus times, como todos os caras que trabalharam comigo. Não tenho muito mais a dizer", comentou.

Depois de perder a vaga na equipe oficial da Yamaha para o francês Fabio Quartararo, houve muita especulação sobre uma possível aposentadoria de Valentino Rossi ainda no ano passado, mas ele optou por seguir mais um ano nas pistas. Em 2021, o italiano corre na Petronas SRT, equipe satélite da Yamaha, tendo ao seu lado o ítalo-brasileiro Franco Morbidelli.

Mas os resultados simplesmente não vieram para Valentino Rossi. Após a primeira parte do campeonato, encerrada no fim de junho com a etapa da Holanda, o multicampeão tinha como melhor resultado apenas um 10.º lugar na Itália, no circuito de Mugello Na classificação do Mundial, ele se encontra muito atrás das outras Yamahas de Quartararo, do espanhol Maverick Viñales e de Morbidelli.

Até o momento, o piloto italiano já disputou 423 corridas, com 115 vitórias. São 235 pódios no total, 65 pole positions, 96 voltas mais rápidas e 6.330 pontos, que, no entanto é um valor que - com toda a probabilidade - será melhorado até o final do ano.

Compartilhe