Abel Neto, da ESPN, parabeniza torcida do Galo pelo título do Brasileiro

Comentarista cravou que o Atlético não tem chances de ser ultrapassado por outro time na competição nacional

25/10/2021 10:51 / atualizado em 25/10/2021 11:14
compartilhe
Abel ainda disse que mesmo uma derrota para o Flamengo não muda o cenário do Galo no Brasileiro
foto: Reprodução/ESPN

Abel ainda disse que mesmo uma derrota para o Flamengo não muda o cenário do Galo no Brasileiro

O comentarista Abel Neto, da ESPN , parabenizou a torcida do Atlético pelo título do Campeonato Brasileiro deste ano. Ainda restando 11 rodadas para o fim da competição, o jornalista fez projeções dos próximos jogos e disse que mesmo uma eventual derrota para o Flamengo não mudaria o cenário. 

Abel também disse que o técnico Cuca está correto em tentar conter o 'oba oba' e afirmou que torcedores do clube já gritaram 'é campeão' na vitória por 2 a 1 sobre o Cuiabá, nesse domingo, no Mineirão.

"Podemos dar parabéns já? Eu não sou ansioso, mas quero dar parabéns à torcida do Galo pelo título Brasileiro de 2021. É óbvio que o Cuca age bem ao tentar combater o oba oba, porque já teve torcedor do Galo gritando campeão", disse o jornalista na manhã desta segunda-feira.

Em relação à distância para o rival Flamengo, que ocupa a terceira colocação com 46 pontos (13 a menos que o Galo) e dois jogos a menos, o comentarista se mostrou indiferente. Para ele, mesmo que o clube carioca reduza a diferença para quatro pontos - caso vença os jogos atrasados mais o confronto direto - o Atlético ainda será campeão.  

"São sete pontos caso o Flamengo ganhe as duas partidas que ele tem a menos. Vamos dizer que o Flamengo derrote o Galo no próximo fim de semana, no Maracanã. A diferença fica em quatro pontos. Continua campeão", afirmou. 

Comparação com anos anteriores


Ainda que tenha cravado o título do Brasileiro para o Atlético, Abel fez algumas ponderações. Ele comparou a situação do time mineiro com outros líderes que não foram campeões, como o Palmeiras em 2009 e o São Paulo e o Internacional no ano passado.  

"Tem muito 'se'. É óbvio que já vimos acontecer. O Flamengo em 2009 deu aquela arrancada quando o Palmeiras estava na frente. Ano passado o São Paulo parecia que estava com a mão na taça. O Internacional tinha uma chance maravilhosa de ser campeão e não aproveitou. De novo o Flamengo conseguiu superar tudo isso e foi campeão", explicou.

O comentarista acredita que isso não irá acontecer com o Galo, não só por questões matemáticas, mas também pelo desempenho apresentado pela equipe na competição.  

"Mas eu vejo uma superioridade e qualidade maior nesse time do Galo desse ano em relação a esses outros times. A gente analisa não só a pontuação, mas também a qualidade. E o futebol que está jogando esse time do Galo, acho difícil ter tantos tropeços assim para ser ultrapassado nessa reta final de Brasileiro. Impossível não é, é muito difícil. Então acho que o Galo já está com uma mão e meia, uma mão e três quartos ali na taça", concluiu.

O Atlético tem 95,2% de probabilidade de se sagrar campeão, segundo cálculos de especialistas do departamento de matemática da Universidade Federal de Minas Gerais (UFMG). A partida contra o Flamengo está marcada para este sábado, às 19h, no Maracanã.  

Compartilhe