UAI

2

Alonso faz história no Atlético e é 5º gringo a erguer taça do Brasileiro

Zagueiro paraguaio é o primeiro estrangeiro a ser capitão do time campeão da Série A desde 2005, quando o argentino Tevez levantou o troféu pelo Corinthians

06/12/2021 08:05 / atualizado em 05/12/2021 23:47
compartilhe
Paraguaio Junior Alonso foi o capitão da campanha do título brasileiro do Atlético
foto: Ramon Lisboa/EM/D. A Press

Paraguaio Junior Alonso foi o capitão da campanha do título brasileiro do Atlético



Raros foram aqueles que nasceram em um outro país e levantaram o troféu da competição de futebol mais importante do Brasil. Menos ainda são os que alcançam essa honraria como capitão. E é o que conseguiu o paraguaio Junior Alonso, zagueiro e líder na campanha vitoriosa do Atlético no Campeonato Brasileiro de 2021.

Atlético ergue a taça e dá volta olímpica no Mineirão; veja fotos


Quase cinco décadas depois, o defensor de 28 anos repetiu o gesto de Oldair - o capitão do título alvinegro em 1971 - e, com a faixa em um dos braços, ergueu a tão sonhada taça nacional. O paraguaio de Assunção é apenas o quinto estrangeiro a carregar a braçadeira numa campanha de título brasileiro.

Estrangeiros que foram capitães de times campeões brasileiros



Nesse domingo, após a vitória por 4 a 3 sobre o RB Bragantino, ele ergueu a taça justamente com Réver, o massagista Belmiro e o atacante Reinaldo, ídolo histórico do clube.

"Orgulho. Você sempre trabalha para fazer as coisas bem. Quando o Atlético colocou a confiança plena em mim, eu já sabia da responsabilidade que tinha com o clube. Desde que cheguei aqui, trabalhei sempre da mesma maneira, sendo profissional dentro e fora do campo e cuidando do meu corpo ao máximo para poder render", disse.

O primeiro estrangeiro a conseguir o feito também foi um zagueiro. Ídolo histórico do Internacional, o chileno Elías Figueroa foi o capitão nos títulos de 1975 e 1976, os dois primeiros do time colorado na competição. Depois dele, foram mais de duas décadas até que outro gringo voltasse a levantar a taça com a faixa no braço.

Bicampeão de forma consecutiva em 1998 e 1999, o Corinthians teve capitães estrangeiros. No primeiro título, um compatriota de Alonso levantou a taça: o também zagueiro Carlos Gamarra. No segundo, coube ao volante colombiano Freddy Rincón erguer o troféu e dar início à festa após a vitória sobre o Atlético na decisão.

O Corinthians ainda teve um outro capitão estrangeiro em campanha de título brasileiro. Em 2005, o atacante argentino Carlos Tevez foi o líder máximo de um time repleto de estrelas e feito para conquistar troféus importantes. Dali em diante, nenhum outro "gringo" teve a honra de capitanear uma equipe campeã brasileira.

Até, é claro, 2021, quando um paraguaio de Assunção entrou para a história do Clube Atlético Mineiro.

Compartilhe
DEPLOY_APP_TESTE [an error occurred while processing this directive] 2 2