Milton Neves compara eliminação do Galo a Brasil nas Copas de 1950 e 1982

Jornalista afirmou estar torcendo para o Flamengo na final da Libertadores

30/09/2021 15:08 / atualizado em 30/09/2021 16:46
compartilhe
Jornalista Milton Neves durante o programa
foto: Milton Neves / Divulgação

Jornalista Milton Neves durante o programa "Terceiro Tempo", da Band



O jornalista Milton Neves afirmou que a eliminação do Atlético na Copa Libertadores para o Palmeiras, terça-feira, no Mineirão, em Belo Horizonte, pode ser comparada com a queda da Seleção Brasileira nas Copa do Mundo de 1982. O colunista ainda chamou o Galo de "encantador'' e o Verdão de "covarde".
 
 Em 1982, o time brasileiro, repleto de craques e comandado por Telê Santana, foi eliminado pela Itália na segunda fase ao perder por 3 a 2 em Barcelona. Aquele revés, com três gols do carrasco italiano Paolo Rossi, ficou conhecido como a 'tragédia do Sarriá', nome do extinto estádio que recebeu a partida.

A comparação foi publicada na coluna do jornalista, no Portal UOL, nesta quinta-feira. Milton Neves ainda recordou a Hungria de 1950, de Ferenc Púskas; a Holanda de 1974, de Johan Cruyff; e o Brasil de 1950, que perdeu a final da Copa do Mundo, no Maracanã, para o Uruguai.

"O futebol sofreu um duro golpe nesta semana com a eliminação do encantador Atlético diante do medroso e covarde Palmeiras de Abel Ferreira. Uma injustiça comparável ao que aconteceu com o Brasil em 1950, com a Hungria em 1954, com a Holanda em 1974 e em 1978 e com o escrete canarinho em 1982", escreveu.

Neves ainda exaltou o Flamengo, que eliminou o Barcelona de Guayaquil, do Equador, nessa quarta-feira, e será o adversário do Palmeiras na final da Libertadores, que ocorrerá no dia 27 de novembro. Para o jornalista, o Rubro-Negro terá um apoio "nunca antes recebido". Tudo isso devido ao estilo "retranqueiro" de Abel Ferreira, técnico alviverde.

"Perguntando para vários 'sapos de fora' por aí, que não torcem nem para Palmeiras e nem para Flamengo, as respostas são unânimes. Todo mundo quer ver o Rubro-Negro em 27 de novembro! E o motivo é muito simples. Quem gosta de futebol - de FUTEBOL mesmo, e não de time retranqueiro e medroso -, não aguenta mais esse Palmeiras do arrogante Abel Ferreira. Ou seja, o Fla já tem mesmo a maior torcida do mundo. Mas, na final da Libertadores, o time da Gávea contará com um apoio nunca antes recebido em sua vida. Somente os palmeirenses, claro, estarão do lado contrário", analisou.

Neves ainda completou que o Flamengo é mais qualificado tecnicamente que o Palmeiras. Por isso, crê que o técnico Abel Ferreira irá optar por um estilo de jogo mais "amarrado, truncado e chato".

Compartilhe