Esportes

Trajetória

Kia Zolgharnain: conheça o homem que fez Kotaro Umeda evoluir no futebol

De técnico a melhor amigo, Kia Zolgharnain foi peça fundamental no desenvolvimento e amadurecimento do jogador do Joinville Esporte Clube, Kotaro Umeda

postado em 09/09/2021 14:21 / atualizado em 09/09/2021 14:33

(Foto: PW Assessoria/Divulgação)

 
Todo jogador profissional tem uma história única, como foi no caso do Kotaro Umeda. O atleta de 23 anos já passou por muita coisa, desde o nascimento em Tóquio até a vida em várias cidades e países diferentes. Mas a pergunta é: como ou quem ajudou na evolução do futebol? Simples, a família e o treinador, Kia Zolgharnain, foram peças fundamentais nesta história.

O pai do jogador do Joinville Esporte Clube era médico do Kashiwa Reysol no J.League e deixou os filhos crescerem no ambiente do futebol, desde o nascimento deles, onde lhes ensinou os fundamentos do futebol. Mas quando a família mudou para os Estados Unidos, quando Kotaro tinha apenas 6 anos, uma pessoa em específico ajudou a evolução dele, Kia Zolgharnain. 

O treinador do Go2Gol jogou mais do que 15 anos de futebol de salão profissional, onde marcou 527 gols em 534 jogos e se tornou um dos jogadores mais condecorados da história do futebol de salão. Ele encontrou Kotaro quando o jogador tinha apenas 9 anos e já percebeu o grande potencial na jogada dele.

“Kotaro participou dos nossos acampamentos, desde os 9 anos. Eu sabia que ele era especial desde a primeira vez que o vi. Ele estava tão quieto e focado o tempo todo. Eu o observei por 4 ou 5 anos até que ele veio até nós com o irmão dele e indicou que queria evoluir o jogo dele para chegar no nível da faculdade. Foi uma mudança difícil para ele, mas finalmente decidiu mudar de clube e nos permitiu que o fizesse evoluir”, falou o treinador do Kotaro.

O futebol do Brasil é muito diferente do futebol dos Estados Unidos em várias perspectivas. No Brasil, futebol é parte da vida deles, mas nos Estados Unidos, tem outros esportes que as pessoas valorizam mais, seja o futebol americano, basquete, e beisebol. Então o crescimento dos jogadores é muito difícil também, por isso, o Brasil tem mais jogadores destacando os Estados Unidos.
 
(Foto: PW Assessoria/Divulgação)
 
 
Kia fala sobre a importância dos jogadores na base e disse: "Minha opinião sobre o desenvolvimento é que eles têm que ser guiados através de 4 fases ou estágios do desenvolvimento. No sub-12 categoria, eu chamo o fase romântica, e a importância é deixar os jogadores se apaixonarem por futebol. No sub-14 categoria, eu chamo o fase de compromisso, e a importância é para aprender a se dedicar para treinar. No sub-16 categoria. Eu chamo a fase de dedicação, onde os jogadores dedicam todas as ações para a meta deles. E no sub-18 categoria, eu chamo da fase de colocação, e nos vemos onde eles chegam”, conclui.

Kotaro treina com o Kia desde os 8 anos e até hoje, quando está de férias, os grandes amigos se reencontram. “Eu ainda lembro dos dias de quando estava na escola e depois das aulas, ia no campo dele diretamente da escola e nós treinamos até a noite todos os dias,” afirma o jogador.

O menino que era tímido, quieto, e só queria jogar bola se tornou um homem realizando o sonho dele no Brasil e ajudando as pessoas da cidade dele. De fundamental, até o crescimento da mente, Kia evoluiu Kotaro para chegar neste nível.

“Kotaro é generoso e muito altruísta a ponto de sempre pensar em si mesmo em segundo lugar. Com o passar dos anos, acho que ele não acreditou no quanto ele era bom e sempre pensou em seus companheiros e em sua equipe,” falou Kia na entrevista com o Super Esportes. “Eu cresci num lugar com vários caminhos da vida. Conheci traficantes, gangues, e muito mais. Facilmente, eu poderia escolher um caminho diferente”, finaliza Kotaro.
 
(Foto: PW Assessoria/Divulgação)