América é castigado no último minuto e perde para o Palmeiras no Brasileiro

Coelho levou gol da virada, de Willian, aos 51 minutos do 2º tempo

20/06/2021 13:05 / atualizado em 20/06/2021 17:11
compartilhe
Willian marcou os dois gols da vitória do Palmeiras por 2 a 1 sobre o América no Allianz Parque
foto: Cesar Greco/Palmeiras

Willian marcou os dois gols da vitória do Palmeiras por 2 a 1 sobre o América no Allianz Parque



Castigado
no último minuto. O América fez um ótimo primeiro tempo, segurou o Palmeiras e poderia até ir para o vestiário em vantagem, mas acabou desperdiçando pênalti com Ademir e, no segundo tempo, foi dominado. O Coelho recuou muito e tentou segurar o empate, mas Willian determinou o 2 a 1 para os donos da casa aos 51 minutos do segundo tempo no Allianz Parque, em São Paulo, pela 5ª rodada da Série A do Campeonato Brasileiro.



A postura parece estar mudando, e o América busca entrar nos trilhos para conseguir permanecer na primeira divisão nacional. O primeiro tempo mostrou uma equipe mais incisiva, se impondo mesmo fora de casa e em busca do gol. No entanto, o segundo tempo foi de pressão do rival e força o Coelho a buscar alternativas. A derrota foi um castigo, mas Vagner Mancini há de analisar os pontos positivos e negativos. Fato é que terá bastante trabalho pela frente.

Com o resultado, o América segue sem vencer após cinco jogos e poderia terminar a 5ª rodada na lanterna da tabela. O Coelho é o 19º colocado, com um ponto, mas o lanterna Grêmio não fará o duelo com o Cuiabá neste domingo. O duelo foi vetado pelas condições do gramado no estádio Presidente Eurico Gaspar Dutra e ainda não foi remarcado. A vitória deixa o Palmeiras momentaneamente em 3º, com 10 pontos.

O América voltará a atuar em casa na próxima rodada. A estreia de Vagner Mancini no comando do time será no confronto frente ao Juventude, marcado para as 16h de quinta-feira, no Independência, em Belo Horizonte.

Já o Palmeiras seguirá no estado de São Paulo na sexta rodada. A equipe comandada por Abel Ferreira visitará o Bragantino às 19h de quarta-feira, no Nabi Abi Chedid, em Bragança Paulista.

O jogo

Após quatro rodadas, três derrotas, um empate e nenhum gol marcado, o América finalmente parece ter mudado a postura para a disputa da Série A do Campeonato Brasileiro. Mesmo jogando fora de casa, no Allianz Parque, o time mineiro soube suportar pressão inicial do Palmeiras e, depois, inverter as ações, deixando o rival paulista atônito a maior parte do primeiro tempo.

Geovane foi o grande destaque americano na primeira etapa, com pelo menos três finalizações perigosas que exigiram boas defesas de Jailson. Aos 37 minutos, o atacante tentou duas vezes de fora da área para bater o goleiro adversário e colocar o Coelho na frente no placar. 0 a 1.

Mesmo com atitude diferente e jogando melhor que os donos da casa, o América ainda apresentou falhas defensivas que preocupam. Um minuto depois do gol, Eduardo Bauermann falhou em posicionamento na área e não conseguiu impedir Willian de só completar de cabeça belo cruzamento de Gustavo Scarpa. 1 a 1.

Pênalti perdido

A mudança de postura ficou confirmada na sequência dos 45 minutos iniciais. Jori se mostrou mais seguro na meta americana, e o Coelho conseguia roubar a bola quando pressionava no campo ofensivo. Aos 46, Renan perdeu tempo de bola e acertou chute em Rodolfo dentro da área.

O árbitro Jefferson Ferreira de Moraes foi acionado para assistir ao lance no VAR e marcou a penalidade máxima. Ademir finalizou mal a cobrança e permitiu a defesa de Jailson.



A volta do intervalo deixou claro que o ambiente estava diferente. O Palmeiras retornou dos vestiários confiante de que poderia buscar a virada. O América não só sentiu que perdeu sua grande oportunidade, como também ficou sem Ademir para o restante do jogo. O atacante americano foi substituído logo aos 5 minutos por lesão na coxa direita.

O crescimento do Palmeiras no confronto fez com que Cauan de Almeida alterasse a configuração do time. O treinador colocou mais força de marcação ao substituir Geovane por Alan Ruschel e Alê por Sabino. Abel Ferreira viu que o rival tentava segurar a partida e colocou o time para frente com Mayke e Luiz Adriano nas vagas de Gabriel Menino e Victor Luis.

Acuado e sem conseguir saídas para o contra-ataque, Cauan de Almeida precisou mudar novamente o time. Saíram João Paulo e Rodolfo para as entradas de Carlos Alberto e Gustavo. O Palmeiras pressionava e exigia ótima atuação de Jori, ou sorte. O goleiro americano salvou, com o pé, finalização de Luiz Adriano e viu cabeçada de Deyverson explodir na trave.

A postura do segundo tempo não teve perdão. A pressão do Palmeiras demorou, mas teve resultado no último minuto da partida. Willian marcou o gol da vitória palmeirense, para desespero da equipe americana, que batalhou mas, no futebol, não é possível só se defender. Final, 2 a 1, e segue o tormento do América em busca de sua primeira vitória no campeonato.
 

Palmeiras x América: fotos do jogo pela Série A

 

PALMEIRAS 2 x 1 AMÉRICA

Palmeiras
Jailson; Marcos Rocha, Felipe Melo, Renan, Victor Luis (Luiz Adriano); Patrick de Paula, Gustavo Scarpa e Raphael Veiga; Gabriel Menino (Mayke), Willian e Deyverson
Técnico: Abel Ferreira

América
Jori; Eduardo, Eduardo Bauermann, Anderson e João Paulo; Ramon, Juninho e Alê (Sabino); Geovane (Alan Ruschel), Ademir (Felipe Azevedo) e Rodolfo
Técnico: Cauan de Almeida

Gols: Geovane, aos 37 minutos do 1ºT (América); Willian, aos 38 minutos do 1ºT e aos 51 minutos do 2ºT (Palmeiras)
Cartões amarelos: Patrick de Paula, Renan e Jailson (Palmeiras); Ramon, Sabino, Alê e Geovane (América)
Cartão vermelho: Cauan de Almeida (América)

Motivo: 5ª rodada da Série A do Campeonato Brasileiro
Data e horário: domingo, 20 de junho de 2021, às 11h
Local: Allianz Parque, em São Paulo

Árbitro: Jefferson Ferreira de Moraes - GO (CBF)
Assistentes: Fabrício Vilarinho da Silva - GO (FIFA) e Leone Carvalho Rocha - GO (CBF)
VAR: Ciro Chaban Junqueira - DF (CBF)

Compartilhe