Cauan elogia legado de Conceição e Lisca no América: 'Mancini pode usar'

Auxiliar técnico do Coelho enalteceu a escolha do novo comandante e disse que essa sequência mantém o modelo de jogo

21/06/2021 09:56 / atualizado em 21/06/2021 10:38
compartilhe
Cauan acredita que Mancini poderá aproveitar o legado deixado pelos últimos trabalhos
foto: Marina Almeida / América

Cauan acredita que Mancini poderá aproveitar o legado deixado pelos últimos trabalhos

O auxiliar técnico Cauan de Almeida elogiou o legado deixado pelos dois últimos técnicos do América, Felipe Conceição e Lisca. Ele acredita que o clube mantém o modelo de jogo já praticado ao escolher Vagner Mancini como novo comandante da equipe.

Em entrevista coletiva após a derrota para o Palmeiras por 2 a 1 nesse domingo, na quarta rodada do Campeonato Brasileiro, Cauan elogiou a sequência que o clube deixa para o novo treinador. 

"Enalteço esse trabalho de sequência que o América tem. O legado não sou eu que deixo, mas o clube que deixa. O América, desde 2019, com o Felipe Conceição, depois com o Lisca, essa sequência de trabalho é uma característica marcante do nosso modelo de jogo", afirmou. 

Em 2019, Conceição dirigiu a equipe em 30 jogos, com 16 vitórias, nove empates e cinco derrotas, e quase conseguiu o acesso para a Série A, ficando a um ponto do quarto colocado. Ele pediu demissão após receber um convite para comandar o RB Bragantino. 

Lisca teve uma passagem histórica no América. Em 82 jogos, o técnico obteve 40 vitórias 27 empates e 15 derrotas, além de chegar até as semifinais da Copa do Brasil e ser vice-campeão da Série B na temporada 2020. O técnico pediu demissão há uma semana, no dia 14. 

Desde então, Cauan comandou a equipe no empate em 1 a 1 com o Cuiabá e na derrota para o Palmeiras. O auxiliar técnico acredita que Vagner Mancini saberá aproveitar o legado dos últimos anos e aproveitou para agradecer a Lisca. 

'Tenho certeza que o Mancini, hoje ele já comentou um pouco, admira muito a agressividade, competitividade, organização tática dos jogadores. Tenho certeza que o Mancini vai saber aproveitar bem esse legado de dois anos de trabalho. Aproveito para agradecer ao Lisca, que deixa um legado no clube, que fez acrescentar todo mundo no clube, os profissionais e o clube", explicou.

Mancini será apresentado nesta terça-feira e assume a equipe na quinta-feira, às 16h, partida contra o Juventude, no Independência, na quinta rodada do Brasileiro. 


Compartilhe