Mancini amplia lista de técnicos que dirigiram América, Atlético e Cruzeiro

Relembre outros treinadores com passagens pelo trio mineiro

21/06/2021 13:09 / atualizado em 21/06/2021 14:25
compartilhe
Mancini chega ao América com missão de evitar rebaixamento a exemplo de experiência pelo Cruzeiro
foto: Alexandre Guzanshe/EM/D.A Pres

Mancini chega ao América com missão de evitar rebaixamento a exemplo de experiência pelo Cruzeiro


Definido como novo comandante do América para a disputa do Campeonato Brasileiro, Vagner Mancini aumentou a lista de treinadores que com passagens pelos três principais clubes de Minas Gerais. O treinador de 54 anos teve experiências no Cruzeiro, em 2011, e no Atlético em 2019. 

Na lista de treinadores com passagens pelo trio mineiro estão Ricardo Diez, Ayrton Moreira, Procópio Cardoso, Jair Pereira, Ilton Chaves, Carlos Alberto Silva, Ricardo Drubscky, Yustrich, Marão e Marco Aurélio. Relembre na galeria abaixo. 

Técnicos que comandaram América, Atlético e Cruzeiro


Mancini em Minas


Substituto de Lisca, Vagner Mancini retorna a Belo Horizonte com o objetivo de manter o América na Primeira Divisão. Após cinco rodadas, o Coelho ainda não venceu e ocupa a vice-lanterna da Série A, com apenas um ponto e um gol marcado. No trabalho anterior, o treinador comandou a campanha de reação do Corinthians no Brasileiro de 2020. Ele foi demitido em maio deste ano. Foram 45 partidas pelo clube paulista, com 20 vitórias, 13 empates e 12 derrotas. 

Quando assumiu o Cruzeiro, em setembro de 2011, após saída de Emerson Ávila, Mancini também realizou um trabalho para evitar o rebaixamento. A Raposa se livrou do risco da queda na última rodada, com goleada sobre o rival Atlético, por 6 a 1. Com a vitória, o time celeste terminou o Campeonato Brasileiro em 16º lugar, com 43 pontos. 

Mancini permaneceu no Cruzeiro até maio de 2012. Ele deixou o clube após eliminação para o América, no Campeonato Mineiro, e queda para o Athletico-PR, na Copa do Brasil.

No Atlético, a passagem de Mancini durou apenas 13 jogos, com quatro vitórias, cinco empates e quatro derrotas. Ele chegou ao clube em outubro de 2019, na vaga de Rodrigo Santana, e não teve o contrato renovado ao término do Campeonato Brasileiro, em dezembro. O Galo terminou a competição no 13º lugar. 



Compartilhe