Apresentado, Mancini vê América com condições de brigar no meio da tabela

Treinador de 54 anos rasgou elogios ao clube e demonstrou confiança na equipe

22/06/2021 18:00 / atualizado em 22/06/2021 18:36
compartilhe
Vagner Mancini foi apresentado como novo treinador do América nesta terça-feira (22)
foto: Mourão Panda/América

Vagner Mancini foi apresentado como novo treinador do América nesta terça-feira (22)


 
O técnico Vagner Mancini, de 54 anos, foi apresentado pelo América nesta terça-feira (22). Em entrevista coletiva, o treinador se mostrou otimista e disse enxergar o Coelho com condições para brigar no meio da tabela, e não apenas contra o rebaixamento.

Mancini explicou as razões que o fizeram aceitar o convite do América. Ele definiu o projeto do clube como 'ambicioso, mas com os pés no chão'. O profissional ressaltou a satisfação por ser o novo treinador do Coelho e acredita que 'unir forças' seja o primeiro passo para promover a recuperação da equipe.

"O sim da minha parte foi muito baseado naquilo que eu acompanho dos últimos anos do América. Um projeto ambicioso, mas com os pés no chão. O América passa muita coisa boa a todos nós que vivemos do futebol, e eu quis fazer parte deste projeto. Estou muito satisfeito por ter vindo e acho que o mais importante agora é, rapidamente, recuperar aquilo que dá para fazer no Campeonato Brasileiro, para que a nossa campanha seja equilibrada e, acima de tudo, unir forças. Acho que o início de qualquer esquema vitorioso é quando você dá as mãos realmente, e o que eu senti na minha chegada ao América eu posso dizer que nós temos tudo para fazer uma bela temporada", afirmou.

O Coelho é o vice-lanterna da Série A. Em cinco jogos, a equipe foi derrotada quatro vezes e somou apenas um ponto com empate diante do Cuiabá. O time mineiro divide, junto ao São Paulo, o posto de pior ataque da competição - com apenas um gol marcado.

Mancini, no entanto, diz ver a equipe com potencial para brigar no meio da tabela. Em sua avaliação, traçar objetivos específicos gera maior confiança por parte dos atletas.

"Eu vejo o América com potencial não para estar lá embaixo, mas sim para brigar no meio da tabela e é importante que a gente tenha os objetivos bem definidos, porque isso acaba gerando confiança ao jogador", projetou.

Diagnóstico do elenco e reforços


Questionado se já havia realizado, junto à diretoria, um diagnóstico do elenco do América e da necessidade de reforços, Mancini sinalizou positivamente. No entanto, pregou cautela na contratação de novos jogadores para que não haja 'outros tipos de problema' na montagem do elenco.

"Já fizemos sim. Inclusive, a gente vai intensificar isso, mas é necessário que, antes de mais nada, eu conheça o elenco. É óbvio que, à distância, a gente sabe. O América, como qualquer outra equipe do Brasil, necessita de reforços, mas a gente tem que ter muita tranquilidade nessa hora. Não é simplesmente sair contratando e, de repente, você se deparar amanhã com um outro tipo de problema. Que seja feito tudo no momento certo, mas deste lado, tenho certeza que nós estamos 'full time' no clube para que nós possamos o mais rapidamente detectar aquilo que está acontecendo, melhorar o padrão técnico e tático do time, organizar e equilibrar bem essa equipe e também tudo o que faz parte de uma gestão de grupo", avaliou.

Recado para a torcida


Por fim, Mancini deixou uma mensagem ao torcedor do América. O treinador pediu sinergia entre equipe e torcida e ressaltou a seriedade do projeto do clube.

"Que a nação americana acredite, porque nós estamos ainda no começo da temporada. Tem muita coisa para acontecer. É fundamental que a nossa reação venha o mais rápido possível, mas é importante a gente sentir essa energia de torcedor, de todos aqueles que acreditam no trabalho, da diretoria que está aqui comigo e que tem mostrado, nesses últimos anos, a seriedade que é o América, o quão ambicioso é o projeto e isso é uma coisa que me seduziu. Espero, sinceramente, que o torcedor esteja alinhado com a gente, porque essa energia nos torna mais fortes", finalizou.

Vagner Mancini fará sua estreia sob o comando do América nesta quinta-feira (24), às 16h, diante do Juventude, no Independência, em Belo Horizonte. As equipes se enfrentam em partida válida pela 6ª rodada da Série A do Campeonato Brasileiro. 

Compartilhe