Alan Ruschel projeta América com 'postura agressiva' diante do Grêmio

Lateral-esquerdo do Coelho também lamentou os resultados recentes, mas afirmou que a equipe vem fazendo bons jogos

22/07/2021 12:58 / atualizado em 22/07/2021 13:31
compartilhe
Ruschel pediu uma mudança na postura da equipe na competição
foto: Mourão Panda/América

Ruschel pediu uma mudança na postura da equipe na competição

O lateral-esquerdo Alan Ruschel, de 31 anos, acredita em uma postura agressiva do América diante do Grêmio em Porto Alegre, no sábado, às 17h, pela 13ª rodada do Campeonato Brasileiro. O experiente jogador disse que, apesar da dificuldade da partida, a equipe precisa fazer diferente se quiser melhorar na competição. 

"(Espero) Uma postura agressiva. Respeitamos a equipe do Grêmio, é um adversário difícil. Não são todos os times que vão conquistar pontos em Porto Alegre. Vamos ter que adotar essa postura para conseguir um resultado positivo, que é o que nos interessa. Sabemos o quanto estamos precisando de uma vitória no campeonato. Se a gente quer algo grande dentro da competição, temos que fazer diferente", disse em entrevista coletiva nessa quarta-feira. 

O Coelho vem de três partidas sem vitória. A equipe foi derrota por 4 a 0 pelo Fortaleza fora de casa e perdeu para Atlético e Sport em casa, ambos por 1 a 0. No entanto, na visão de Ruschel, a equipe teve bons desempenhos e perdeu os jogos por detalhe. 

"O que nos incomoda é só a falta de resultado. Porque o desempenho, a gente vem fazendo bons jogos, mas às vezes deixamos escapar o resultado no detalhe. Foi assim nos dois últimos jogos, acho que a gente fez uma boa partida, teve um bom desempenho. Mas no detalhe o resultado acabou escapando, o adversário conseguiu fazer um gol. Foi assim contra o Atlético, contra o Sport. 
 

Contratações do América para a temporada 2021

 

Ruschel, que está emprestado pelo Cruzeiro, soma 16 jogos pelo América na temporada e ainda não marcou gols. O Coelho está na zona de rebaixamento do Campeonato Brasileiro. Na 18ª colocação com nove pontos em 12 jogos, a equipe venceu apenas dois jogos, empatou três e perdeu sete.

Segundo o Departamento de Matemática da Universidade Federal de Minas Gerais (UFMG), até a tarde dessa quarta-feira, o Coelho tinha 48,5% de chance de rebaixamento à Série B.


Compartilhe