Quando estreia? Mancini explica planos para utilizar Berrío no América

Atacante colombiano está em processo de aprimoramento da parte física

02/08/2021 06:00 / atualizado em 04/08/2021 15:39
compartilhe
Berrío está há quase um mês em treinamento no Lanna Drumond
foto: Mourão Panda/América

Berrío está há quase um mês em treinamento no Lanna Drumond

Se dependesse somente da abertura da janela de transferências internacionais, o atacante Orlando Berrío poderia estrear pelo América na partida contra o Fluminense, às 16h de domingo, no Independência, pela 15ª rodada do Campeonato Brasileiro. Contudo, o técnico Vagner Mancini explicou que o colombiano precisa adquirir a melhor forma física, visto que jogou pela última vez ainda no Flamengo, em 7 de março de 2020, na vitória por 3 a 0 sobre o Botafogo pelo Campeonato Carioca.


“A situação do Berrío é um pouquinho diferente. Ele pode jogar a partir de agora por causa da abertura da janela, onde todos os atletas de fora estão liberados, porém o atleta ainda tem um déficit muscular. Dentro do planejamento de treinamento e metodologia, eu acredito que para domingo o atleta ainda não estará em condições para atuar”.

Mancini destacou que Berrío tem evoluído nos treinamentos no Lanna Drumond desde a época da contratação do reforço, em 9 de julho. Todavia, a falta de ritmo do atleta nos meses anteriores faz com que a comissão técnica mantenha a cautela na preparação e evite acelerar processos.

“Claro que durante a semana há uma alteração, ele já ganhou muita coisa desde que chegou aqui, mas é um atleta que vinha de uma inatividade e nós precisamos tomar cuidado. Não queremos que o Berrío estreie e corra risco de se lesionar. Por isso estamos fazendo com calma e cautela para o atleta estrear e ter sequência de jogos”.

De julho de 2020 a maio de 2021, Berrío passou pelo Khor Fakkan, dos Emirados Árabes Unidos, porém não disputou uma partida sequer. No América, ele terá a missão de ajudar na luta contra o rebaixamento, já que o time começou mal o Brasileirão e ocupa o 18º lugar, com 11 pontos em 14 jogos (duas vitórias, cinco empates e sete derrotas).

A melhor temporada da carreira de Berrío foi em 2016, quando se sagrou campeão da Copa Libertadores pelo Atlético Nacional, da Colômbia. Naquele ano, o atacante marcou 17 gols em 52 partidas e despertou o interesse do Flamengo, que o contratou em janeiro de 2017 por US$3,5 milhões (R$11 milhões na época). No rubro-negro, o ponta não repetiu o desempenho e balançou a rede apenas sete vezes em 81 jogos.

Vagner Mancini também analisou a estreia do lateral-direito Patric. Assista abaixo!


Compartilhe