UAI


Lucas Kal aponta 'trunfos' em melhora do América: 'Coragem e tranquilidade'

Volante do Coelho destacou fatores que fizeram ele e a evoluirem no Campeonato Brasileiro

30/09/2021 12:54 / atualizado em 30/09/2021 13:38
compartilhe
Kal ainda projetou a partida contra o Cuiabá
foto: João Zebral/América

Kal ainda projetou a partida contra o Cuiabá

Com apenas cinco jogos desde que retornou ao América,  Lucas Kal já é peça fundamental  para o esquema do técnico Vagner Mancini. Atuando como volante, o zagueiro de origem apontou os 'trunfos' para sua evolução individual e coletiva no Coelho.

O jogador soma quatro participações em gols, com três assistências e um tento marcado. Em entrevista coletiva na manhã desta quinta-feira, no CT Lanna Drumond, Kal destacou que a adaptação na nova função foi facilitada pela sua tranquilidade. 

"Eu acredito que sou um cara muito tranquilo, que tenta entender bem o que preciso fazer durante o jogo. Então, durante a semana, trabalho ao máximo para me adaptar o mais rápido possível. É o que está acontecendo. Pude me adaptar bem, fazer bons jogos, e isso me dá confiança para continuar", explicou o jogador. 

A entrada de Lucas Kal 'coincidiu' com a melhora do América. A equipe não perde há cinco jogos, com três empates e duas vitórias. Nas últimas três rodadas, o Coelho empatou com os gigantes Corinthians, São Paulo e Flamengo. 

Para o volante, um dos fatores que ajudam a equipe nessa melhora é a coragem. O jogador disse que o time se comporta da mesma forma independentemente do adversário.

"Sempre batemos na tecla que queremos ser um time chato. Temos nos tornado isso a cada jogo, mostrado dentro de campo o que a falamos durante a semana. O professor Mancini fala, que é nossa coragem. Ter coragem para enfrentar qualquer time. Marcar em cima, propor o jogo, sair rápido", elogiou.

Sequência no Brasileiro


O próximo adversário do Coelho no Campeonato Brasileiro é o Cuiabá. As equipes se enfrentam neste sábado, às 17h, na Arena Pantanal. 

Kal detalhou como Mancini está preparando a equipe para a partida e falou sobre a dificuldade em enfrentar o Cuiabá em Mato Grosso, que é considerado um estado com temperaturas mais elevadas.
 
 

"Temos conversado sobre a importância do jogo. Sabemos que tivemos uma sequência muito difícil, mas tem mais um (jogo) pela frente. Temos enfatizado que é um jogo diferente, em um estado que é muito quente, então sabemos da dificuldade que vai ser. É uma equipe que vem fazendo um bom campeonato", concluiu.
 
O América ocupa a 15ª posição na Série A, com 24 pontos. São cinco vitórias, nove empates e oito derrotas. O Cuiabá está na 10ª posição, com 29 pontos. 


Compartilhe