UAI


Com emoção, América vence Sport e vê Libertadores como sonho possível

Coelho cedeu empate ao Leão da Ilha, mas marcou no fim e deu resposta rápida na Série A; time de Marquinhos Santos volta a subir na tabela

10/11/2021 23:24 / atualizado em 11/11/2021 00:33
compartilhe
América bateu Sport por 3 a 2, subiu na tabela e se aproximou da zona de classificação à Copa Libertadores
foto: Marina Almeida/América

América bateu Sport por 3 a 2, subiu na tabela e se aproximou da zona de classificação à Copa Libertadores


Com muita emoção, o América venceu o Sport por 3 a 2 nesta quarta-feira (10) na Arena Pernambuco, em São Lourenço da Mata, pela 31ª rodada, e passou a enxergar a Copa Libertadores da América de 2022 como um sonho possível. Com gols de Alê, Ademir e Juninho Valoura, o Coelho alcançou a 10ª posição na Série A do Campeonato Brasileiro, chegou aos 41 pontos e se distanciou ainda mais da zona de rebaixamento.
 
 

O América está muito próximo de selar a permanência na elite do futebol brasileiro - principal meta da diretoria na temporada 2021. Com 41 pontos, o time mineiro ostenta oito de vantagem para o Juventude (primeiro clube no Z4). Em ótima fase, a equipe de Marquinhos Santos passa a mirar uma vaga na Libertadores - que pode ter até nove vagas a partir da Série A.

O próximo compromisso do América no Brasileirão será diante de sua torcida, no Independência, em Belo Horizonte. Às 18h30 do sábado (13), o Coelho receberá o Grêmio, 19° colocado, em jogo da 32ª rodada.

Sport 2 x 3 América: fotos do jogo na Arena Pernambuco pelo Brasileiro


O jogo


Como de costume, o América buscou estabelecer domínio desde o primeiro minuto do confronto. Sem a bola, o Coelho subia com muitos jogadores para incomodar a saída de bola do Sport, forçando lançamentos do goleiro Mailson e, após vitórias nas segundas bolas, conservando a posse.

Com a posse, o América chegava com mais perigo a partir das movimentações e aproximações no último terço. Logo aos 7min, o argentino Mauro Zárate fez boa jogada individual e assustou a meta pernambucana com finalização de fora da área.

O decorrer da primeira etapa revelou um Coelho ainda mais dominante. O time de Marquinhos Santos dominava a posse, ocupava o campo de ataque e encontrava um bloco muito baixo do Sport, que priorizava a consistência defensiva para, em seguida, buscar ameaçar a partir de contra-ataques.

Aos 16min, o gol que abriu o placar: após belo lançamento do campo de defesa, Zárate ganhou no corpo de Sabino e tocou para Felipe Azevedo. O ponta-esquerda fez um cruzamento perfeito para Alê, que infiltrou entre os defensores e cabeceou para as redes.

Logo após o tento americano, o Sport buscou reação rápida. A equipe de Gustavo Florentín, empurrada pela torcida, se lançou ao ataque, mas encontrou um organizado sistema defensivo americano. O time pernambucano ameaçava especialmente a partir de escanteios, por conta das dificuldades para criar chances com a bola rolando.

Aos 23min, uma baixa importantíssima para o Sport. O camisa 10 Gustavo foi expulso após entrada duríssima em Felipe Azevedo no setor de meio-campo. A expulsão ocorreu após checagem da arbitragem no VAR.

Se o domínio americano já era grande, foi ampliado com um a mais. Ainda assim, o Coelho tinha algumas dificuldades para transpor o bloco extremamente baixo do Sport, que, desde o início, adotou uma proposta reativa.

O primeiro tempo se encerrava sem novas grandes chances. Além do controle da posse, o América teve muitos méritos nos momentos defensivos. Quando perdia a bola, fazia faltas táticas rapidamente ou pressionava o adversário para retomar. Já em bloco baixo, congestionava o corredor central, dificultava avanços do Sport e se protegia muito bem nas bolas paradas.

Aos 41min, após lançamento primoroso de Felipe Azevedo - do campo de defesa -, Ademir ganhou em velocidade e, cara a cara com Mailson, finalizou para defesa do goleiro.

Segundo tempo


Logo no primeiro minuto, vacilo da defesa americana e boas defesas de Cavichioli para salvar o Coelho. A equipe pernambucana iniciou a segunda etapa a todo vapor, buscando estabelecer o domínio das ações e incomodando o América.

Aos 7min, resposta rápida do Coelho: após mais um lindo lançamento de Cavichioli, Ademir ganhou em velocidade, driblou e aproveitou o posicionamento de Mailson, que estava fora da área, para finalizar para as redes. 2 a 0 para o time mineiro na Arena Pernambuco!

Marquinhos Santos promoveu duas mudanças no meio-campo aos 13min. Zé Ricardo e Juninho Valoura entraram nas vagas de Lucas Kal e Alê, respectivamente.

Aos 20min, Mikael se antecipou a Ricardo Silva na área, saiu na cara do gol e finalizou forte, para o fundo das redes. Gol de desconto do Sport em São Lourenço da Mata. Minutos depois, João Paulo e Rodolfo entraram nas vagas de Marlon e Felipe Azevedo.

O gol deu nova cara ao confronto. Com a Arena Pernambuco em polvorosa, o Leão da Ilha se lançou ao ataque em busca do gol de empate. O duelo ganhava em verticalidade e as equipes deixavam mais espaços na defesa, em um cenário de contra-ataques para os dois lados.

Aps 30min, o gol de empate. Zé Welison cobrou falta forte, rasteiro, no canto de Matheus Cavichioli - sem chances para o goleiro alviverde. Três minutos depois, após choque de cabeça com Zé Ricardo, Ricardo Silva pediu para sair e deixou o gramado para a entrada de Anderson.

O Coelho se lançou ao ataque. Rondando a área do Sport com a posse, o time mineiro buscava maneiras de penetrar na defesa pernambucana. Aos 37min, o desempate. Após cruzamento de Patric, Juninho Valoura apareceu como elemento surpresa na área e cabeceou para as redes.
 
Na reta final, o América soube se proteger das investidas do Leão e confirmou três pontos importantíssimos no Brasileirão. O Coelho está muito próximo de selar a permanência na Série A. 

SPORT 2x3 AMÉRICA


Sport
 
Mailson; Ewerthon (Tréllez), Rafael Thyere, Sabino e Sander; Zé Welison, Marcão e Hernanes (Betinho); Gustavo, Mikael e Paulinho Moccelin (Everton Felipe).
Técnico: Gustavo Florentín
 
América
 
Matheus Cavichioli; Patric, Eduardo Bauermann, Ricardo Silva (Anderson) e Marlon (João Paulo); Lucas Kal (Zé Ricardo), Alê (Juninho Valoura) e Juninho; Ademir, Felipe Azevedo (Rodolfo) e Zárate.
Técnico: Marquinhos Santos
 
Motivo: 31ª rodada da Série A do Campeonato Brasileiro
Data: quarta-feira, 10 de novembro de 2021
Local: Arena Pernambuco, em São Lourenço da Mata
Árbitro: Raphael Claus (SP)
Assistentes: Danilo Ricardo Simon Manis (SP) e Gustavo Rodrigues de Oliveira (SP)
VAR: José Cláudio Rocha Filho (SP)
Gols: Mikael, Zé Welison (Sport); Alê, Ademir, Juninho Valoura (América)
Cartões amarelos: Tréllez, Marcão (Sport); Lucas Kal, Alê, Juninho Valoura (América)
Cartão vermelho: Gustavo (Sport)

Compartilhe