UAI


Azevedo: 'América tem que fazer fora de casa o que faz no Independência'

Atacante falou dos aprendizados que o Coelho tirou da derrota para o Fluminense, no último fim de semana, e projetou o duelo com o Bragantino, pelo Brasileiro

24/11/2021 19:11 / atualizado em 24/11/2021 21:07
compartilhe
Em coletiva no CT Lana Drummond, Felipe Azevedo falou sobre os aprendizados que o América tirou em derrotas pelo Brasileiro e projetou o duelo com o Bragantino, no fim de semana
foto: Marina Almeida/América

Em coletiva no CT Lana Drummond, Felipe Azevedo falou sobre os aprendizados que o América tirou em derrotas pelo Brasileiro e projetou o duelo com o Bragantino, no fim de semana


 
O América se prepara para enfrentar o Bragantino pela 36ª rodada do Brasileirão. A partida ocorrerá no estádio Nabi Abi Chedid, em Bragança Paulista, às 19h30 deste sábado (27). Em entrevista no CT Lana Drummond, Felipe Azevedo apontou os erros cometidos pelo Coelho na derrota para o Fluminense, no último jogo
 
 

"Contra o Fluminense pegamos uma equipe muito motivada. Isso é mérito do Marcão (técnico tricolor), que conseguiu deixar o Fluminense com uma motivação que não esperávamos. Vieram de uma forma diferente. Teve uma questão tática que acabamos vendo ali dentro do jogo, que deixaram nosso zagueiro jogar e quando ele tentava passar a bola para alguém do nosso lado esquerdo, eles vinham com uma pressão muito forte. Nós não estávamos conseguindo sair de trás, não estávamos conseguindo evoluir nas jogadas.
 

O atacante destacou também os aprendizados que o time do América deve tirar desta partida com o Fluminense.

"Fica como aprendizado: esta é a reta final do campeonato, todas as equipes vão vir de uma forma diferente e nós precisamos fazer isso fora de casa também. Como a gente faz com nossos adversários aqui no Independência, temos que saber que fora de casa vamos enfrentar esse tipo de coisa", afirmou. 

Ao falar do duelo de sábado com o Bragantino, Felipe relembrou a derrota do Coelho para os paulistas no primeiro turno. Na ocasião, o Deca perdeu por 2 a 0, no Independência. 

"O Bragantino é uma equipe qualificada. No primeiro turno, aqui (em Minas), fizemos um bom jogo, na minha ideia, mas ao mesmo tempo eles conseguiram em dois contra-ataques fazer os gols e vencer a gente.Temos que ter cuidado. É uma equipe realmente rápida, com uma transição muito forte e que está há muito tempo com o Barbieri, um cara de muita qualidade com quem trabalhei aqui no América em 2019. Vai ser um jogo difícil. Todos os jogos que fiz lá em Bragança foram de muita dificuldade, pois é uma equipe que conhece muito bem o estádio e as dimensões. Vai ser um jogo complicado, difícil, mas que temos condições de vencer. Vencemos vários times fora de casa neste campeonato e temos totais condições de ir lá e conseguir os três pontos", disse. 
 
 
 

Compartilhe