UAI

2

'Muito boa equipe': técnico do Barcelona-EQU rasga elogios ao América

Jorge Célico assumiu a equipe equatoriana recentemente e disse enxergar o Coelho como um 'duro rival'

07/03/2022 16:30
compartilhe
Técnico Jorge Célico, comandante do Barcelona de Guayaquil - próximo adversário do América na Libertadores
foto: Divulgação/Barcelona-EQU

Técnico Jorge Célico, comandante do Barcelona de Guayaquil - próximo adversário do América na Libertadores


'Muito boa equipe'. Essas foram as palavras utilizadas por Jorge Célico, novo treinador do Barcelona de Guayaquil, para descrever o América - próximo adversário na Copa Libertadores. As equipes medirão forças em jogo de ida da terceira fase nesta terça-feira (8), às 21h30, no Estádio Independência, em Belo Horizonte.
 
 

Já em solo mineiro, o treinador Jorge Célico concedeu entrevista coletiva no início da tarde desta segunda-feira (7). Questionado por um jornalista equatoriano sobre o que já conhecia do América, o comandante dos 'Canarios' não poupou elogios.

"Muito boa equipe. É uma equipe que tem uma circulação rápida, joga muito bem futebol. Jogadores muito aptos tecnicamente. Utilizaram dois sistemas distintos nos jogos contra o Guaraní, mas a ideia de futebol foi a mesma: protagonizar o jogo, ter a bola, ter abertura pelos lados (fundamentalmente com os laterais)", analisou. 

"É uma equipe que joga muito bem ao futebol e, sinceramente, pelo campo de jogo que utilizam como mandantes, tem uma circulação muito rápida, muito precisa. Muito boa equipe de futebol, que será realmente um duro rival", completou.
 

Fotos da torcida do América no Defensores del Chaco

 

Por novo capítulo histórico


Em sua primeira participação na Copa Libertadores, o América quer seguir fazendo história e está a um passo de alcançar a fase de grupos - meta estipulada pela diretoria como principal objetivo neste início de ano.

Desta vez, no entanto, o Coelho tem pelo caminho um rival com muito mais tradição. O Barcelona de Guayaquil é o maior campeão equatoriano, com 16 títulos, e está invicto na atual temporada. Líder do Campeonato Equatoriano, tem três vitórias em três jogos, fez cinco gols e sofreu apenas um. O artilheiro é o meia Gabriel Cortez, com quatro gols.
 
 

A equipe iniciou a trajetória nesta edição da Libertadores na primeira fase, depois de se classificar com a segunda melhor pontuação do Equador em 2021. Avançou nos pênaltis, após empates por 0 a 0 e 1 a 1 com o Torque, do Uruguai. 

Na segunda fase, diante do Universitario, do Peru, venceu por 2 a 0 em casa e assegurou a classificação com novo triunfo, desta vez por 1 a 0, atuando como visitante.

Em termos de Libertadores, os Canarios têm muito mais tradição do que o Guaraní, último rival. O clube equatoriano já foi vice-campeão do torneio em duas oportunidades (1990 e 1998), além de ter sido semifinalista em outras sete. Em 2021, entre os quatro melhores, o Barcelona foi eliminado pelo Flamengo na semi.

Compartilhe