UAI

2

Dirigente do América explica critérios para renovação com Marquinhos Santos

Vínculo do técnico com o Coelho tem término previsto para abril

10/03/2022 16:10 / atualizado em 10/03/2022 16:32
compartilhe
Marquinhos Santos durante duelo entre América e Barcelona-EQU pela ida da 3ª fase da Copa Libertadores
foto: Mourão Panda / América

Marquinhos Santos durante duelo entre América e Barcelona-EQU pela ida da 3ª fase da Copa Libertadores


Em busca de avançar de fase no Campeonato Mineiro e na Copa Libertadores, o América vive a semana mais decisiva de toda sua história. Para não dividir o foco do treinador alviverde Marquinhos Santos nos próximos dias, a diretoria do Coelho está evitando até mesmo falar sobre uma possível renovação de contrato com o comandante.
 
 

O técnico tem vínculo com o América previsto para terminar em abril, logo após o término do Estadual. Segundo Euler Araújo, membro do Conselho de Administração do clube, mesmo com o contrato se aproximando do fim, a diretoria alviverde optou por conversar com Marquinhos sobre a renovação apenas após a partida decisiva da Copa Libertadores, na próxima terça-feira (15).

"A renovação do Marquinhos não passa nem pela classificação (na Libertadores) e nem pelo Campeonato Mineiro. Independentemente do resultado, a avaliação não está vinculada a isso. O Marquinhos já está ciente disso. Só depois desse jogo da Libertadores nós vamos conversar sobre renovação de contrato. Mas, por enquanto, o foco está sendo todo na reta final do Mineiro, nesse jogo de sábado, e no jogo de terça-feira", disse Euler Araújo ao Superesportes.

É um desejo da diretoria do América manter o treinador para a próxima temporada, mesmo que o Coelho não se classifique para as finais do Campeonato Mineiro ou para a fase de grupos da Copa Libertadores. Marquinhos Santos, em entrevista nesta quinta-feira para a Rádio 98, revelou ter vontade de seguir no clube para o restante da temporada.
 
 


'Decisões'


Após empatar por 0 a 0 na partida de ida da terceira fase da Copa Libertadores, o América viaja para Guayaquil, no Equador, para enfrentar o Barcelona no duelo de volta do confronto. Precisando vencer para se classificar, o Coelho jogará no estádio Banco Pichincha, terça-feira (15), às 21h30.

A equipe alviverde contou com a sorte para não ir ao duelo de volta em desvantagem no placar. Nos acréscimos do jogo de ida, no Independência, Carlos Garcés desperdiçou um pênalti para a equipe equatoriana. Caso seja eliminado para o Barcelona, o América disputará a Sul-Americana.

No Campeonato Mineiro, a situação do time de Marquinhos Santos é mais complicada. Na quinta colocação com 14 pontos, quatro a menos que a quarta colocada, a Caldense, o Coelho tem 10,9% de chance de se classificar para a fase final da competição - de acordo com o Departamento de Matemática da UFMG.

Dando prioridade para a Copa Libertadores, o América deverá escalar os reservas contra o Uberlândia, às 19h de sábado (12), no Parque do Sabiá, pela 10ª rodada. Para encerrar a primeira fase do Estadual, o time alviverde enfrenta o Tombense, no dia 19 de março, às 16h30, no Independência.
 
 
 

Compartilhe