UAI

2

Marquinhos Santos indica renovação com América e aguarda contratações

Treinador de 42 anos enfatizou desejo de permanecer no Coelho; vínculo atual vai até o fim de maio, quando termina o Campeonato Mineiro

10/03/2022 14:00 / atualizado em 10/03/2022 17:18
compartilhe
Marquinhos Santos quer permanecer no América para a temporada 2022
foto: Alexandre Guzanshe/EM/D.A Press

Marquinhos Santos quer permanecer no América para a temporada 2022


O técnico Marquinhos Santos indicou que deve renovar com o América. O vínculo atual do treinador com o clube vai até o fim de maio, quando se encerra o Campeonato Mineiro. Em entrevista à Rádio 98, o comandante de 42 anos também falou sobre a expectativa por contratações.
 
 

Sob o comando do Coelho, Marquinhos Santos tem 11 vitórias, seis empates e seis derrotas em 23 jogos. Contratado em outubro de 2021, ele não apenas cumpriu com o objetivo de manter a equipe na Série A do Campeonato Brasileiro, como conquistou vaga inédita na Copa Libertadores da América.

Após o avanço na segunda fase do torneio continental, diante do Guaraní (Paraguai), a diretoria iniciou conversas com o técnico pela extensão do contrato. Marquinhos enfatizou o desejo de permanecer no clube mineiro e deixou clara a necessidade de reforços para a sequência da temporada.

"Nós temos conversado. Não é o priori agora. O foco são os jogos da Libertadores. Não tem essa preocupação. Claro que depois dos jogos contra o Guarani, houve uma situação de sondagem. Estou muito tranquilo. Claro que a gente quer seguir. Gosto de trabalho com começo, meio e fim. Acredito muito no potencial do clube, na forma como vão conduzindo. Acredito muito no trabalho", disse.

"Um ano que temos calendário apertado, independente de Libertadores ou Sul-Americana, e precisamos de elenco. Temos 35% de atletas formados na base, com muitos com idades de Sub-20. Lá na frente, com Brasileiro e torneio sul-americano, se faz necessário nós qualificarmos ainda mais o elenco que já temos", explicou.
 

Torcida do América ao Independência no jogo contra o Barcelona

 

Semana decisiva para o América


Após empate em 0 a 0 no Estádio Independência, em Belo Horizonte, América e Barcelona voltarão a medir forças na próxima terça-feira (15), às 21h30. O duelo de volta ocorrerá no Estádio Banco Pichincha, em Guayaquil. Para avançar à fase de grupos da Libertadores, os comandados de Marquinhos Santos precisam de uma vitória simples no Equador. Em caso de empate, a decisão da vaga será nos pênaltis.

Antes de voltar a enfrentar o Barcelona, no entanto o América entra em campo diante do Uberlândia, às 19h do sábado (12), pela 10ª rodada do Campeonato Mineiro. Em 5° lugar no Estadual, com 14 pontos (a quatro de distância da Caldense, primeiro clube no G4), o Coelho precisa vencer no Estádio Parque do Sabiá, em Uberlândia, para seguir sonhando com a classificação às semifinais.
 
 

O clube enfrentará uma logística pesada, com viagem de volta de Uberlândia na madrugada de sábado para domingo e viagem ao Equador também no domingo. Diante da situação, Marquinhos garantiu que não utilizará o time titular diante do Uberlândia. Ainda assim, o treinador está confiante na classificação do Coelho no Estadual.

"Uma logística difícil para Guayaquil. Um trajeto longo. Não teria como colocar equipe principal e titular no sábado, tendo deslocamento de sete horas de ônibus com mais oito de retorno. Para, no domingo, a equipe sair depois do almoço a Guayaquil, tendo jogo na terça. Desgaste é muito grande. Temos que controlar minutagem, porque alguns atletas podem sentir no principal jogo do calendário, que é colocar o América na fase de grupos da Libertadores", salientou.

"Estamos ainda vivos e vamos buscar a classificação. No sábado, vamos com a equipe alternativa, que está jogando no Campeonato Mineiro, com a presença do Felipe Azevedo e do Matheusinho. Não vamos abrir mão. Vamos colocar uma equipe forte. No último jogo, com espaçamento maior, com o jogo da Libertadores, aí vem a equipe titular contra o Tombense para ver o que acontece na tabela e deixar Deus agir", encerrou Marquinhos Santos.
 

América 0 x 0 Barcelona de Guayaquil: fotos da partida pela Libertadores

 

Compartilhe