UAI

2

Lado humano: Mancini fala sobre contato próximo com Matheusinho no América

Após depressão em Israel, Matheusinho marcou seu primeiro gol em retorno ao América; técnico Vagner Mancini falou sobre lado humano do atleta

20/04/2022 16:00
compartilhe
Matheusinho, do América, busca se reafirmar como titular e conta com amizade de Mancini para reencontrar bom futebol
foto: Mourão Panda/América

Matheusinho, do América, busca se reafirmar como titular e conta com amizade de Mancini para reencontrar bom futebol


O lado humano do jogo de futebol tem sido cada vez mais debatido nas redes sociais e mesas redondas. A percepção do atleta como um ser humano, acima da noção do "jogador", tem sido fomentada por quem trabalha no meio. Nesta terça-feira (19), após a vitória do América por 3 a 0 sobre o CSA no Estádio Rei Pelé, em Maceió, o técnico Vagner Mancini falou sobre o contato mais próximo que tem tido com o meia-atacante Matheusinho.
 
 

Matheusinho marcou o segundo gol do Coelho no triunfo sobre o Azulão pela terceira fase da Copa do Brasil. Este foi o primeiro gol do atleta neste retorno ao América. Antes de entrar em campo, aos 24 minutos do segundo tempo, o meia-atacante ouviu de Vagner Mancini que ele balançaria as redes na partida.

Em entrevista concedida após o jogo, Mancini abordou a importância de um contato próximo com os atletas - especialmente os que passam por momentos difíceis. Antes de retornar ao América, Matheusinho conviveu com a dura realidade de uma depressão no futebol israelense e passou por dias desafiadores no exterior.

"Curiosamente, na substituição, eu disse a ele que ele entraria e faria um gol. Que ele tivesse calma, porque ele ia ter oportunidade de gol. Eu acho que o importante é você não só passar as instruções, mas ter contato com o jogador. Sentar, bater papo, procurar entender o que ele vive naquele momento. O que ele viveu em Israel. Isso tudo vai acontecer com o tempo, mas é importante você se aproximar do jogador e tentar entender os porquês", disse Mancini.
 

CSA 0 x 3 América: fotos do jogo pela terceira fase da Copa do Brasil

 

O treinador do Coelho também falou sobre a importância do diálogo como um facilitador do processo de adaptação do atleta ao modelo de jogo de uma equipe. Ele espera encontrar uma condição positiva, atuando por dentro ou por fora, para que Matheusinho desempenhe seu melhor futebol com a camisa preta e verde.

"Eu também sou um ex-atleta. Eu tenho mais um ex-atleta na minha comissão, que é o Régis, e a gente tenta, dentro do possível, buscar o maior número de informações possíveis. O Matheusinho teve no América uma fase muito importante lá atrás, saiu para o exterior e voltou agora. Vamos tentar achar para ele uma condição, ou por fora ou por dentro, que seja confortável para que ele possa desenvolver aquilo que ele sabe. Isso serve também para os outros jogadores", explicou Mancini.

Em nova passagem pelo América, Matheusinho tenta se reafirmar como titular. Se será utilizado por dentro ou por fora, como meia-atacante ou extremo, são cenas dos próximos capítulos. Fato é que o jovem jogador do Coelho tem no novo técnico mais do que um mentor em campo, mas também um amigo.
 

Compartilhe