UAI

2

América renova o contrato das promessas Arthur e Carlos Alberto até 2025

Coelho ampliou o vínculo dos jovens jogadores que são crias da base da equipe; ambos já fazem parte do time profissional

02/06/2022 19:44
compartilhe
Carlos Alberto e Arthur estenderam os seus contratos com o América
foto: João Zebral / América

Carlos Alberto e Arthur estenderam os seus contratos com o América

O América renovou o contrato de duas promessas nesta quinta-feira (02). O clube anunciou que estendeu o vínculo do atacante Carlos Alberto e do lateral-direito Arthur até o fim de 2025. 

Na nota oficial, o clube americano afirmou que está mantendo a sua tradição de oferecer as oportunidades aos jovens atletas no elenco profissional. Além disso, o América exaltou a transição muito bem feita pelos jogadores e ainda ressaltou que, em fevereiro, o clube renovou com Flávio, Gustavinho e Rodriguinho, outras três crias da base. 
Agora de contrato renovado até 2025, Arthur pode ganhar mais chances na ala-direita, mesmo com a concorrência dos experientes Patric e Raúl Cáceres. A cria do América tem 19 anos, está no clube desde 2018 e esteve em campo em 10 partidas pelo time profissional. O lateral ainda não marcou gols. 

Enquanto Arthur subiu para os profissionais apenas nesta temporada, Carlos Alberto faz parte do elenco americano desde 2020. Inclusive, o primeiro gol como profissional do atleta foi marcado no Brasileirão da última temporada, contra o Santos, no Independência, em 03 de julho de 2021.

Carlos Alberto completou 20 anos em abril, está no Coelho desde 2018 e se destacou nas categorias de base. O atacante marcou dois gols na final do Campeonato Mineiro sub-20 em 2021, ano em que o atleta figurava entre os profissionais e a categoria de base. A promessa americana já atuou em 28 partidas pelo clube e marcou dois gols. 

Assim como no empate contra o Corinthians, Arthur e Carlos Alberto devem ser opções no banco de reserva na próxima partida. O América entra em campo no próximo sábado (4), às 16h30, contra o Cuiabá, no Independência.






Compartilhe