UAI

2

Técnico do América explica ausência de Patric no time titular: 'Cansaço'

Vagner Mancini justificou a entrada do paraguaio Raúl Cáceres na lateral direita do Coelho no empate com o Fluminense

17/06/2022 10:35 / atualizado em 17/06/2022 10:34
compartilhe
Patric participou de 27 das 37 partidas do América na temporada
foto: João Zebral / América

Patric participou de 27 das 37 partidas do América na temporada


Após ser titular nas 11 primeiras partidas do América no Campeonato Brasileiro, Patric foi reserva pela primeira vez na competição no empate em 0 a 0 com o Fluminense, na quarta-feira (15), no Independência. Em entrevista coletiva após a partida, o técnico Vagner Mancini justificou a mudança na lateral direita. 


 
O substituto foi Raúl Cáceres, que deixou o campo aos 23 minutos do segundo para a entrada do próprio Patric. Segundo Mancini, a ida do jogador para o banco de reservas foi devido ao 'cansaço acima do normal'. 
 
Apesar disso, o treinador também falou sobre a questão técnica. Na últimas duas derrotas do América, para Ceará e São Paulo, o lateral-direito de 33 anos participou negativamente dos gols feitos pelos adversários. 
 
"As análises foram baseadas talvez em um cansaço acima do normal. O Patric, assim como o Éder, jogou quase todas as partidas, 90 minutos. Às vezes, o grau de concentração do atleta cai em determinados momentos. Ele acabou participando de dois lances em duas derrotas. Isso, de certa forma, serve para a gente revigorar o jogador na troca. Ele teve que entrar no jogo e se saiu muito bem", avaliou Mancini.
 
Patric atuou em 27 das 37 partidas do Coelho na temporada, sendo um dos jogadores do elenco com mais tempo em campo. Ele foi titular absoluto do time desde a sua chegada ao clube, em julho de 2021.
 
Para Mancini, a decisão na troca foi acertada. Ele deu indícios de que o jogador deve retornar ao time titular na próxima partida, mas não confirmou. 
 
"Às vezes a gente pode, em uma situação dessa, jogar um peso excessivo para o atleta, como também, se bem feito, pode valorizar o atleta. Ele saiu, respirou, entrou no clima do jogo, foi extremamente participativo. E acabou tendo que entrar na partida e se saiu bem. Hoje, temos dois jogadores, um recuperado e outro que entrou muito bem na partida, que foi o Cáceres", afirmou o técnico.
 
O América voltará a campo neste domingo (19), às 18h, para enfrentar o Fortaleza no Castelão. A partida é válida pela 13ª rodada do Campeonato Brasileiro. 

Compartilhe